Deferência em vida

Loja Maçônica homenageia coronel montes-clarense da reserva da PM

Franklin de Paula Silveira foi condecorado pela Loja Maçônica Deus e Liberdade

Adriana Queiroz
Publicado em 18/11/2022 às 22:17.

A noite de 7 de novembro foi de muita emoção para o montes-clarense Franklin de Paula Silveira, homenageado pela Loja Maçônica Deus e Liberdade pelos relevantes serviços prestados ao município. Ele iniciou a carreira militar como soldado e chegou a coronel e comandante da 11ª Regional – primeiro montes-clarense a exercer a função.  

Na Maçonaria, foi um dos fundadores da Loja Antônio Lafetá Rebello e venerável da Loja Deus e Liberdade. A iniciativa do reconhecimento foi de Wanderlino Arruda, escritor, advogado, professor, primeiro presidente do Instituto Histórico e Geográfico e da Academia Maçônica de Letras do Norte de Minas, com apoio da loja.

“Agradeço a homenagem, o reconhecimento estando vivo. E divido essa homenagem com meus familiares, irmãos e amigos reais”, discursou Franklin.

Presente ao evento, Edilberto Colares, policial civil, perito aposentado e atual venerável da Loja Maçônica Deus e Liberdade, contou que conheceu o homenageado quando ele era major.

“Eu havia entrado na maçonaria. Observei-o chamar a atenção da maçonaria para a segurança pública. Para mim, Franklin foi um desbravador, o primeiro a alertar para essa questão. Me lembro disso na Deus Liberdade. Depois, ele foi comandante do Batalhão, o CRP, uma pessoa extremamente admirada pelos seus subordinados, pelos seus pares e admirado também pela maçonaria”, destacou.
 
COLEGA DE ESCOLA 
A médica, professora e reitora da Funorte, Raquel Muniz, foi colega de Franklin na Escola Estadual Dom Aristides Porto. Estudaram juntos até a 4ª série.

“Uma escola de bairro, pública, de ensino de qualidade, professores muito comprometidos, e eles nos fizeram sonhar e crescer. Por isso que acredito muito na educação. Isso mudou a vida de Franklin e a minha. Também fomos vizinhos de bairro. E depois de muitos anos, fiquei muito feliz de Franklin comandar o batalhão aqui. Depois que ele saiu do batalhão, tive a oportunidade de trabalhar com ele como secretário na Prefeitura de Montes Claros. Parabéns”, disse Raquel.

SAIBA MAIS...
Por Wanderlino Arruda

É pensando no combate que fortalece os fortes e os bravos, e eles só pode exaltar, que inicio a história do meu amigo e irmão Franklin de Paula Silveira, nascido em Montes Claros em 8 de maio de 1963, aqui mesmo, filho do serralheiro Ulisses de Paula Silveira e Maria Luiza Soares Silveira, dona de casa. No glorioso Décimo Batalhão da PMMG, foi recruta e tornou-se coronel, no correr do tempo, militarmente soldado raso e comandante. Mais ainda: comandante de toda a região. Segundo grau completo, realizado no Colégio São Norberto, no ano de 1978. Início de vida militar, aos 19 anos, em 1982, no 55º Batalhão do Exército. (…) Carreira Militar, em 1983, como eterno soldado, jovem recruta da Polícia Ambiental, Terceira Companhia da Polícia Florestal. Da atividade de meio ambiente. (…) Fevereiro de 1985 a outubro de 1987 realizou o Curso de Formação de Oficiais, Academia da Polícia Militar, em Belo Horizonte, onde se tornou aspirante. Retorna à cidade natal, Montes Claros, para prestar serviços no glorioso 10º Batalhão, Unidade mãe do Norte de Minas. Em Montes Claros trabalhou e seguiu a carreira(…). Um bom período de trabalho em Várzea da Palma e Januária, exercendo as funções de subcomandante da 3ª Companhia da Polícia Florestal. Em maio de 2001, retorna a Montes Claros como subcomandante do 10º Batalhão. Sete anos de trabalho diretamente com três comandantes. Ainda major, em 2007, foi designado comandante do 10º Batalhão, função de tenente coronel. No caso, a posição mais honrosa, porque era um simples recruta de 1983 que chegava ao comando da unidade, onde iniciou sua carreira. Tendo realizado praticamente todos os cursos internos da Corporação, foi promovido a tenente coronel em 2008.(…) Realizou junto com a tropa excelente trabalho, com redução da criminalidade, maior aproximação da PM com a população, a sociedade e os órgãos do sistema de defesa social. Eterno soldado, parceiro da tropa, muito exigente, mas justo e firme em suas decisões. Um líder, chefe amigo e leal, que sempre defendeu a sua tropa. Foi iniciado pela Loja Maçônica Deus e Liberdade, de Montes Claros, em abril de 2003 e atuou em quase todos os cargos de diretoria, Venerável no período de 2017 a 2019, com brilhante desempenho. Fato também marcante foi o seu trabalho como um dos fundadores Loja Maçônica Antônio Lafetá Rebello, em 2011, uma oficina de mais alto valor, de toda a nossa região.

Compartilhar
Logotipo O NorteLogotipo O Norte
E-MAIL:jornalismo@onorte.net
ENDEREÇO:Rua Justino CâmaraCentro - Montes Claros - MGCEP: 39400-010
O Norte© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por