Na última semana de agosto, o Ministério Público Itinerante (MPI) esteve nas cidades de Jequitaí, Buritizeiro e Lassance para oferecer a população receberam orientações sobre direito de família, pensão alimentícia, aposentadoria, entre outras. Ao todo 220 atendimentos foram realizados. A expectativa é que em setembro, mais 30 cidades de Minas recebem o MPI. 

Os atendimentos foram feitos com orientações sobre direito de família, pensão alimentícia, aposentadoria, entre outras. Foi possível retirar segunda via das certidões de nascimento, casamento e óbito, fazer o reconhecimento de paternidade e realizar retificação de nome no registro civil.

De acordo com a promotora de Justiça Ana Flávia Afonso, as principais demandas da região dizem respeito à família, alimentos, divórcio, questões previdenciárias, entre outros.

 “O MPI é muito importante, pois além de atender essas e outras demandas, o contato direto com o cidadão nos permite ter mais conhecimento em relação aos anseios dele”, explica a promotora de Justiça.