Quase 50 procedimentos cirúrgicos serão realizados durante um mutirão neste fim de semana em Porterinha. A iniciativa da ONG Anjos do Sertão começou ontem e atende a população carente da cidade.

Serão realizadas 20 vasectomias, seis cirurgias de vesícula, seis cirurgias de hérnia e 15 implantes de DIU. A ação vai até domingo.

Idealizador e responsável pelo mutirão, o urologista Gilfred Canuto explica que a ideia de realizar a ação social nasceu há cerca de quatro anos, quando levou um paciente de Porteirinha para Ribeirão Preto para realizar um tratamento contra câncer.

Canuto conta que, na época, o paciente se mostrou muito triste por não poder receber os mesmos cuidados na própria cidade. Daí surgiu a ideia de realizar atendimentos gratuitos na região.

Segundo o médico, já foram realizados dois mutirões de vasectomia – um em Pai Pedro e um em Porteirinha. “Nossa primeira ação foi um Novembro Azul em uma comunidade Quilombola do município. Na época, identificamos vários casos de tumor em pessoas bem carentes”, conta.

“Todos os atendimentos são oferecidos aos pacientes que já estão na fila do Sistema Único de Saúde (SUS)”, esclarece Canuto. Ele ressalta que o foco do mutirão é no planejamento familiar, que impacta diretamente na economia e no social da região.

Canuto, no entanto, afirma que a vasectomia não é incentivada pelos médicos. “O impacto econômico e social, por exemplo, de um filho que não era esperado, é muito grande. Não queremos fazer controle populacional, é preciso deixar isso claro. Nossa intenção é atender as famílias que desejam realizar os procedimentos”, reitera.
 
VOLUNTÁRIOS
A equipe cirúrgica, exceto o anestesiologista, trabalhará de forma voluntária. Mas a Prefeitura de Pai Pedro fez uma parceria com os médicos para que o hospital receba pelos procedimentos. Em contrapartida, a instituição investirá o valor recebido na infraestrutura hospitalar.

“Os funcionários do hospital também já se ofereceram para, se necessário, atuarem fora do expediente para garantir que os atendimentos sejam feitos”, conta Canuto.

SAIBA MAIS
Do próprio bolso

O Anjos do Sertão é um grupo de voluntários que atua na área da saúde no Norte de Minas, com o objetivo de atender a população carente. Além de profissionais da saúde, o grupo é formado por advogados, contadores e outros. Atualmente, o Anjos do Sertão arcam com os valores necessários para as ações. “Vamos contar com a doação da sociedade somente quando conseguirmos estabelecer um sistema completamente transparente, de forma a garantir a idoneidade da ONG”, garante o médico responsável,
Gilfred Canuto.