O uso da máscara de proteção para prevenir o contágio pela Covid-19 tornou-se obrigatório nesta pandemia. Mas, se por um lado a máscara tem papel indiscutível de proteção contra o novo coronavírus, por outro, o uso frequente e prolongado do EPI pode provocar ou potencializar algumas doenças na pele do rosto e até mesmo nos lábios. 

A dermatologista Nádia Bavoso, da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), ensina dez cuidados necessários para evitar complicações ao usar a máscara.

“Entre os problemas mais comuns que o uso prolongado da máscara pode causar estão o aparecimento da acne, dermatite e ressecamento, com rachaduras e descamação, bem comuns nos lábios”, cita. 

Para evitar essas situações e minimizar os incômodos do uso equipamento de proteção, é preciso hidratar e manter a pele limpa – dicas válidas para mulheres e homens. 

(*) Estagiária, sob supervisão de Luisana Gontijo