O empresário e jornalista Elias Siufi faleceu na tarde de ontem, aos 78 anos. O comunicador estava internado no Hospital Aroldo Tourinho, em Montes Claros, com quadro de pneumonia, que se agravou. 

Elias era natural de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, e comandou a primeira emissora de rádio da região, a Sociedade ZYD-7. Foi também um dos responsáveis por fundar a primeira emissora televisiva, a TV Montes Claros, afiliada Bandeirantes, que se tornou afiliada Globo e hoje é conhecida como Inter TV Grande Minas. Entre outros importantes cargos, foi provedor da Santa Casa, presidente do Conselho Regional de Desenvolvimento Industrial, além de secretário de Fazenda da Prefeitura de Montes Claros. 

O professor e ex-prefeito de Montes Claros Ruy Muniz fez questão de lembrar feitos de Siufi, além da comunicação. “Mato-grossense que descobriu o Norte de Minas, valorizou Montes Claros, sempre defendeu os interesses da região e ajudou demais no progresso da nossa região. Muitos empreendimentos vieram para nossa cidade pela cobrança dele e eu tive a oportunidade de ser amigo dele e de ver de perto o seu valor, o bom pai, o quanto bom marido, o quanto bom amigo. É lamentável perder um homem da envergadura de Elias Siufi”, disse Ruy. 

A médica e empresária Raquel Muniz lamentou a morte do jornalista. “Elias Siufi revolucionou o rádio em Montes Claros. Além de grande jornalista, sempre foi um político que transitava em todas as esferas. Na gestão de Ruy como prefeito de Montes Claros, ele foi uma figura importante, um grande conselheiro. Ético, calmo, um apaziguador de conflitos. Vai deixar um vazio imenso, mas vai ser sempre um grande personagem da história montes-clarense, afinal, ele foi um de seus maiores protagonistas”. 
 
EXEMPLO
Siufi foi responsável por formar inúmeros profissionais de comunicação na região. Nas redes sociais, jornalistas prestaram homenagens. O presidente da Associação de Profissionais da Imprensa Mineira (Apim), o jornalista Aldeci Xavier, fez uma análise da vida profissional de Siufi: “Podemos definir a história da comunicação em Montes Claros antes e depois de Elias Siufi. Desde quando iniciou, quase a totalidade dos jornalista em Montes Claros aprendeu algo com Elias, conhecido com o ‘chefe’. Ele realizou o sonho de ter uma imprensa forte no Norte de Minas e de ter sido o precursor de tudo isso”, lembra. 

Elias Siufi deixa esposa, filhos, neto e bisnetos. O sepultamento está previsto para as 10h de hoje, em local não confirmado.