Pedro MartinsEscritor, Ciências Jurídicas e Agronômicas

O niilista de apartamento

Publicado em 06/12/2022 às 22:45.

Aos que não creem em nada, que acreditam que as virtudes não devem ser preservadas, que acham que não há bondade e dedicação no mundo contemporâneo, e que não há sentido em participar do corpo social em que vivemos, diria com todo ímpeto que talvez tenham razão.

Afinal, cada um cria a moldura da percepção da realidade. Fato é que quando cremos em algo, e permanecemos incentivando nossos pensamentos nas mesmas linhas de construção de nossas convicções, estaremos fadados a acreditar no que planejamos para nós mesmos.

Até mesmo os traumas, que constituíram nossos receios e neuroses, permanecem acesos, se não lutarmos contra as fraquezas que nos tornam frágeis e vulneráveis. Não crer em nada, se reduzir a qualidade de pó cósmico. Tudo isso, é reflexo da falta de exercício do otimismo. Virtude que vai dar mais cor ao dia a dia.

Quem é niilista, principalmente aquele que nega a existência, ou o que renuncia a punção da vida, infelizmente está aprisionado em um quarto escuro de um apartamento de construção sólida, que ele mesmo projetou e criou. Todas as decepções foram a argamassa, e todas as ingerências impostas a si foram os pilares, vigas e tijolos.

A importância do dia, das tarefas, da resignação, do planejamento e do ato de sonhar, extrapolam todas as barreiras impostas a si mesmo. Ainda que venhamos a crer em nossa pequenez, que é um fator óbvio, é importante querer ser um pequeno, como o Davi, que derrotou Goliath.

Não é necessário se perder em devaneios perversos e vazios, podemos nos perder na abundância de vontade de resistir, nos sufocar nos mares da possibilidade, e nos obscurecer em nossos próprios sonhos sendo realizados aos poucos.

Compartilhar
Logotipo O NorteLogotipo O Norte
E-MAIL:jornalismo@onorte.net
ENDEREÇO:Rua Justino CâmaraCentro - Montes Claros - MGCEP: 39400-010
O Norte© Copyright 2023Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por