A dúvida

Jornal O Norte
30/09/2005 às 10:33.
Atualizado em 15/11/2021 às 08:52

Ronaldo José de Almeida *

Altair era o tipo boa praça, muitos amigos, sempre convidado para as farras, aonde chegava era bem saudado. Era casado com Milene, uma linda morena cor de jambo, olhos verdes, com quem tinha quatro filhos, três bonitos, fortes e saudáveis e um, o mais novo, que se chamava Josias e era franzino, raquítico mesmo. 

Altair embora não falasse, passou a vida toda desconfiando da mulher, mas nunca tivera coragem de tocar no assunto.

Certo dia,o marido adoeceu e, após uma série de exames, Dr. Adolfo, médico de confiança da família, embora muito jovem, chamou os parentes do paciente em uma sala do hospital e revelou ser a doença do Altair sem cura.

Dias depois, Altair piora bastante o quadro clínico, já em seu leito de morte, desabafa com Milene:

- Milene meu amor, quero lhe fazer uma pergunta e espero de você uma resposta bem sincera.

- Pois não Altair, pergunte o que quiser, meu amor.

- Minha paixão, eu gostaria de saber se o Josias é realmente meu filho. Eu sempre tive essa dúvida, ele é tão magrinho, tão diferente dos outros.

- Querido... eu nunca...

- Por favor, Milene, não minta pra mim, se não for, não tem problema, eu te perdôo desde já, eu só quero saber a verdade.

- Sim, querido - responde a mulher - você é o pai de Josias sim, juro por tudo o que é mais sagrado.

- Puxa, que bom ouvir isso, meu amor, você não sabe como estou aliviado.

- Em seguida, Altair solta seu último suspiro e morre.

Milene respira fundo, olha para Dr. Adolfo com um pequeno sorriso sarcástico, ele retribui da mesma maneira, saem do quarto e a esposa fala baixinho para o médico:

- E se ele pergunta dos outros três, hein?

* Advogado e escritor

Compartilhar
Logotipo O NorteLogotipo O Norte
E-MAIL:jornalismo@onorte.net
ENDEREÇO:Rua Justino CâmaraCentro - Montes Claros - MGCEP: 39400-010
O Norte© Copyright 2023Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por