A Escrita em Tempos de Pandemia

Vitrine Literária / 13/08/2020 - 00h01

A Academia Montes-clarense de Letras lança neste período de mal surto antologia “A Escrita em Tempo de Pandemia”, com textos de parte de seus associados. Foi um momento muito bom para mim, que estava em isolamento em virtude da Covid-19, para fazer uma leitura proveitosa e agradável. O livro tem a marca da competência inquestionável da nossa presidente Maria da Glória Caxito Mameluque, tanto na organização gráfica da edição como na escolha e publicação dos textos. A capa, que traz uma bela ilustração da artista plástica Ssara Dinizz, muito nos impressiona pela beleza das cores vivas e pela mensagem inerente aos acontecimentos por que passa o povo de nossa terra. 

Por outro lado, o leitor há de se lembrar que a história passa, necessariamente, por uma ação mais contundente para humanizar as pessoas, incutir mais amor no seio da população e proteger a solidariedade nos seus últimos passos em favor dos mais necessitados. Nenhum mal há que não tenha o efeito da bondade, ou vice-versa. Como bem disse o professor Juvenal Caldeira Durães: “O isolamento se impôs sobre nós de forma inexorável. Não sabemos mais como lidar com as pessoas, com os relacionamentos em nossa volta e, nem mesmo, como nós mesmos. Enfim, potencializou-se o que temos de bom o que temos de ruim. Caíram as falsas ideias, o falso poder. E, de repente, nos sentimos sós na tarefa de ressignificar as nossas vidas”. 

Também faço presente neste belíssimo livro com uns versos em cordel: “Tempos Tenebrosos”. “Entretanto, não se assustem! A ideia desta obra que temos em mãos, não é passar desalento sob a perspectiva de um futuro incerto ou trágico. Não! Os autores acadêmicos, que aqui encontramos, buscam registrar, por meio da palavra, seus sentimentos e percepções, com desejo de dias melhores, de forma talentosa e indelével”. Temos que virar a mesa/E partir para o combate. Essa é a nossa defesa/ No momento deste embate.

Quando eu escrevi esses versos, já estava infectado pelo corona e não sabia. Então, veio a confirmação laboratorial e o nosso isolamento foi inevitável. Já estou curado do mal que contrai. Foram dias tenebrosos, mas sem nunca perder a esperança da recuperação, minha e de minha querida Júlia. Este livro tem um significado muito especial para as nossas vidas.

Publicidade
Publicidade
Comentários