Leninha e o PT

Preto no Branco / 24/09/2020 - 00h19

Já é possível prever que na eleição majoritária em Montes Claros, este ano, a coordenação da campanha do PT à prefeitura terá como principal missão blindar a candidata Leninha dos ataques que serão dirigidos à agremiação. Em função de fatos ocorridos no país, vão tentar colocar em dúvida o próprio lado ético da candidata. Vão tentar desconstituir a candidata usando o seu partido.

Qualidade das chapas
Antes da deflagração do processo eleitoral, já é possível afirmar que quase totalidade das chapas não apresentam equilíbrio na relação de candidatos na disputa proporcional. No geral, contam com três a cinco candidatos na disputa direta e o restante trabalhando para consolidar estas candidaturas. Nos partidos considerados medianos e pequenos, a situação é ainda pior, com todos trabalhando em função da eleição de um único nome. No jargão popular, podemos considerar tais candidatos como “boi de piranha”. Sacrificam em função de projetos alheios. É o verdadeiro sonho ilusório.
 
Sada/Vôlei
Como Montes Claros é carente de representatividade no mundo esportivo, temos que elogiar o trabalho do professor universitário Andrey Souza, que tem conseguido colocar o município no cenário nacional, através do América Vôlei, que acaba de receber o apoio da Sada Combustível. O mais interessante nessa história é que a prefeitura participa como se estivesse fazendo favor. Aliás, não entrou com nada, já que recebeu, em contrapartida, emenda parlamentar para transferir recurso insignificante para ajudar a equipe.
 
DEM em Montes Claros
Leitores têm questionado a postura do DEM de Montes Claros, que trabalhou durante todo o tempo o nome do advogado Álvaro Guilherme e, quando chegou à convenção, quase foi parar no chapão, que tem como candidato Humberto Souto, adversário histórico do presidente do Democrata no município, Jairo Ataíde. O fato é que a possibilidade de Álvaro Guilherme ser o candidato do DEM permanece. A decisão final deve acontecer em breve, já que dia 27 as campanhas estarão nas ruas.
 
Funcionamento do Mercado
Com os últimos decretos que flexibilizaram o funcionamento de setores do comércio, até agora a população está sem entender porque a prefeitura permite que o Mercado Municipal fique aberto somente até as 14h. A prefeitura informou à coluna que a normalização do horário (das 6h às 18h) está prestes a acontecer e fará parte do decreto que irá liberar a realização das chamadas feiras livres.
 
Campanha na rua
Neste domingo, as campanhas já estarão liberadas. Vamos aproveitar para, na próxima semana, fazer uma avaliação e dar dicas de como proceder.

Publicidade
Publicidade
Comentários