Briga na sobra

Preto no Branco / 14/11/2020 - 00h59

Nas contas para o preenchimento das 23 vagas na Câmara de Montes Claros, citamos os partidos com chance de eleição de um vereador, e os que têm previsão de dois. A este respeito, foi questionado se não haveria chance de uma agremiação emplacar três candidatos. A resposta é que, com uma eleição com restrições, devido à Covid-19, aliado ao fim da coligação na proporcional e o pouco envolvimento do eleitorado, tudo pode acontecer. Entretanto, a leitura mais correta é a de que a conquista de uma terceira vaga pelas agremiações que estão na ponta poderá ocorrer na distribuição das sobras, beneficiados pelos cálculos para chegar ao resultado final: soma dos votos, dividido pelo número de cadeiras conquistadas mais um.

Jaíba
Um fato interessante nas eleições deste ano foi o crescimento de várias candidaturas nas últimas duas semanas, ou seja, em véspera do pleito. Uma destas surpresas tem sido registrada em Jaíba, onde o atual prefeito, Reginaldo Silva (MDB), que concorre à reeleição, conseguiu, na reta final, viabilizar sua eleição. O concorrente é o ex-prefeito Jimmy Murça.
 
Coincidência
Sem fazer qualquer juízo de valor, fico sem entender a decisão do retorno presencial dos órgãos do Estado justamente um dia após as eleições. A coluna recebeu a informação de que já nesta segunda-feira se inicia o retorno gradativo dos funcionários públicos estaduais. Muita coincidência. O fato é que a Covid-19 serviu como “pano de fundo” para servidores usarem o precioso tempo em campanhas de seus candidatos.
 
Surpresa
Fazendo uma reavaliação das candidaturas, é possível prever o surgimento de nomes que não figuravam entre aqueles com chance de êxito nas urnas. É o caso do PV, que, pelos nossos levantamentos, a disputa está entre Lidinalva e Edson Cabeleireiro, que até então não aparecia entre os nomes com chance. Um fato interessante é que Edson Cabeleireiro é irmão do atual vereador Sérgio Pereira, que disputa a reeleição.
 
Inter TV nas eleições
Ao contrário das eleições anteriores, este ano a TV Câmara de Montes Claros não fará a cobertura das eleições municipais. O foco ficará por conta da Inter TV Grande Minas, que após as 17h do domingo fará flashes de tudo que aconteceu nas eleições. Já a partir das 19h, acontece a cobertura e a divulgação de resultado em todos os municípios de sua área de atuação. A convite do diretor de Jornalismo da emissora, Cássio Xavier, farei parte da equipe, juntamente com o jornalista Edmilson Guimarães, trazendo a análise de todo o processo.
 
Não entendi
Postagem na rede social chamou a atenção deste jornalista. Em um vídeo, deputado dirigente de partido envolvido na disputa recomenda ao eleitor votar em um candidato de outro partido. “Pode isso Arnaldo”?

Publicidade
Publicidade
Comentários