Rachadinha

Conversa Inteligente / 16/09/2021 - 00h03

Decisão unânime do Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) definiu que a prática da rachadinha – a apropriação de parte do salário de servidores pelos políticos que os nomearam –, configura enriquecimento ilícito e dano ao patrimônio público. Além da cassação de mandato e inelegibilidade por oito anos.

 
Assustados 
A decisão deixou alguns políticos de orelha em pé. O medo de que assessores abram o bico sobre a rachadinha tem assustado parlamentares. 
 
Eleições 
A 13 meses da eleição, dirigentes dos principais partidos começam a quebrar a cabeça para construir um grupo forte para disputar cadeiras na Assembleia e Câmara Federal.
 
Disputa
Além dos senadores Anastasia (PSD-MG) e Kátia Abreu (PP-TO), agora o líder do governo Bolsonaro no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), disputam uma vaga no Tribunal de Contas da União (TCU). 
 
De olho 
Quem está torcendo por Anastasia e de olho na cadeira dele é o suplente Alexandre Silveira, que atualmente é diretor para assuntos técnicos e jurídicos do Senado. 
 
DEM/PSL
As articulações para uma possível união entre o DEM e o PSL podem formar o maior partido do Congresso, abocanhando a maior fatia do fundo partidário e eleitoral. 
 
Cassinos 
Foi criada uma comissão na Câmara Federal para tentar destravar, ainda este ano, a aprovação de um projeto que prevê a liberação geral dos jogos de azar no país: cassinos, bingos, máquinas, jogo do bicho e caça-níquel.

Publicidade
Publicidade
Comentários