Indignados

Conversa Inteligente / 11/03/2021 - 00h24

Sem sucesso na eleição passada na disputa pela Câmara Municipal, ex-vereadores e ex-candidatos que apoiaram Humberto Souto estão indignados. Perderam voz no atual governo. Além de excluídos, estão fora do atual projeto de poder. 

Pá de cal 
O governo Humberto Souto colocou uma pá de cal no projeto dos deputados que apoiaram sua reeleição. Ninguém tem influência no seu governo, muito menos compromisso de apoio em 2022.
 
Prefeito aumenta arrecadação 
O governo Humberto Souto não para de se vangloriar de que, apesar da pandemia que toma conta do Brasil, a receita alcançada por Montes Claros, em 2020, superou R$ 1 bilhão. 
 
Pensando...
Se arrecadou mais de R$ 1 bilhão, porque não investiu na prevenção da Covid-19 em Montes Claros? Já que, além do bilhão, vieram recursos exclusivos para investir direto no combate à pandemia? Para concluir, onde foi parar tanto dinheiro? 
 
Quem pagou a conta
Vamos lembrar que o dinheiro arrecadado da Prefeitura de Montes Claros, que enche o peito para comemorar a impressionante marca de R$ 1 bilhão, saiu do bolso (tributos) da população que desejar saber como foi gasto cada real. 
 
Só pensa em arrecadar 
A máquina de arrecadação da Prefeitura de Montes Claros continua com a cobrança do IPTU.
 
Sem aumento
PEC aprovada no Senado dá gatilhos para estados, municípios e União acionarem quando as despesas chegarem a 95% das receitas. Entre as travas estão a proibição de contratar e dar aumentos para servidores públicos.

Publicidade
Publicidade
Comentários