Faltam dez meses

Conversa Inteligente / 30/11/2021 - 00h23

Faltam dez meses para o dia da eleição. De 20 de julho a 5 de agosto de 2022 será o período de escolha dos candidatos pelos partidos e deliberação sobre coligações. Já em 16 de agosto teremos o início da propaganda eleitoral na internet. Em 27 de agosto, 60 dias antes da eleição, começa a propaganda eleitoral gratuita em emissoras de rádio e televisão. Ou seja, quem não se preparou, organizou, estruturou, está fora do jogo.  

Calado
O fato de o prefeito de Montes Claros, Humberto Souto, não desmentir oficialmente a notícia de que não será candidato a deputado federal na eleição do próximo ano deixou aliados desconfiados e situacionistas de orelha em pé.
 
MDB 
Depois do ex-deputado estadual Adalclever Lopes deixar o MDB, o outro nome a caminho é do presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), Julvan Lacerda, que recebeu convite do Avante para sair candidato ao Senado. 
 
Sem outsider 
Os analistas afirmam que diferentemente da eleição de 2018, os outsiders (fora do sistema) não terão a mesma força. A tendência é a volta da política tradicional. 
 
Fundo partidário 
A disputa por uma cadeira na Câmara Federal está cada vez mais acirrada devido ao fundo partidário. Cerca de 95% da verba, que será de R$ 1,061 bilhão em 2022, é dividida entre os partidos na proporção dos votos obtidos na última eleição para a Câmara dos Deputados. 
 
Disputa no TCU
Esquenta a briga pela cadeira no Tribunal de Contas da União, com a aposentadoria do ministro Raimundo Carreiro. De um lado, o senador Antonio Anastasia (PSD-MG), que conta com apoio de Rodrigo Pacheco. Do outo, a senadora Kátia Abreu (PP-TO), que tem amparo do ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP-PI).
 
Candidato
O suplente de senador de Antonio Anastasia, o presidente do PSD estadual em Minas, Alexandre Silveira , recebeu sinal verde do senador Rodrigo Pacheco para construir a candidatura para disputar o Senado.

Publicidade
Publicidade
Comentários