Novas linhas Sense

Aventureiros do Sertão / 02/10/2020 - 00h02

As revelações do Shimano Fest este ano foram recheadas de muitas novidades para o mundo do MTB no Brasil. Uma das notícias mais esperadas foi o lançamento da linha de bikes de alta performance infantil para chegar no mercado neste segundo semestre de 2020. Para a próxima temporada, o fabricante terá um total de 37 modelos, um recordes histórico, praticamente o dobro do ano passado. Além disso tudo, como já esperávamos, agora a marca oficializou a presença da Swift Carbon no Brasil, empresa especialista no desenvolvimento de bikes de estrada e triathlon em fibra de carbono, que nasceu na África do Sul e foi comprada pela Sense em 2018, em uma estratégia para trazer produtos de elevada qualidade para nosso mercado. A linha Sense vem atingindo um patamar incrível nestes quatro anos de trabalho, favorecendo o mercado brasileiro e evoluindo em todo processo de desenvolvimento e de produção. A Sense está de parabéns pelo empenho e dedicação.

Um novo futuro para o plástico
No mundo todo, o plástico tem sido uma ameaça para o meio ambiente, amontoando nos lixões, em aterros e nos mares. Mas a boa notícia é que surgiram várias formas de reduzir esse problema. A ideia de fazer asfalto com os plásticos começou na Índia, onde o engenheiro britânico Toby McCartney trabalhou em uma ONG que atuava junto aos catadores de materiais recicláveis. Ele viu que parte dos plásticos coletados eram colocados em buracos na estrada. Em seguida, derramava-se gasolina sobre esse material. O lixo era queimado até que o plástico se fundisse dentro dos buracos, formando um “tapa-buracos” improvisado. No Reino Unido, a empresa MacRebur recicla itens como sacolas e garrafas de plástico e até fraldas usadas para produzir um asfalto mais resistente. A empresa transforma o plástico em um material granulado (pellets) ou em forma de flocos, que substituem parte do betume usado na mistura do asfalto. O resultado é surpreendente, segundo a empresa, formam estradas com superfícies mais duráveis, resistentes a rachaduras e deformação. Segundo a MacRebur, o desempenho desse novo asfalto é 60% superior ao do material tradicional. Com isso, as estradas demandam menos consertos, reduzindo o custo de manutenção. A média é de três a dez quilos de plástico para cada tonelada de asfalto, reduzindo a demanda do combustível fóssil, ou seja, dando um novo destino para o plástico e degradando menos o meio ambiente.

 Bolsa Atleta
A @sedesemg abre o edital do programa Bolsa Atleta e Bolsa Técnico, destinado à seleção de atletas e técnicos, nas modalidades nacional, internacional e paralímpico. O edital tem prazo de inscrição até 6 de outubro e prevê bolsas com valores entre R$ 1.500 e R$ 5 mil. O programa tem como objetivo garantir a manutenção da carreira de atletas e técnicos de alto rendimento, buscando oferecer condições para que se dediquem ao treinamento esportivo e participem de competições que estimulem o desenvolvimento pleno de sua carreira. Para mais informações, acesse o edital no site: bolsaatleta.esportes.mg.gov.br

Copa do Mundo de MTB
O bruto brasileiro Henrique Avancini conquistou o quinto lugar na prova de cross country olímpico da Copa do Mundo de MTB, em Nové Mesto (CZE), nesta quinta-feira. A vitória ficou com o dinamarquês Simon Andreassen. Entre as mulheres, a francesa Loana Lecomte faturou a primeira colocação. Avancini ficou entre os TOP 5. Emocionante a reta final!


 

 

 

Publicidade
Publicidade
Comentários