Frio intenso chega a MOC e oferece riscos à saúde

Frente fria que faz temperatura despencar no país fará termômetro cair a 10 graus na cidade

Da Redação*
17/05/2022 às 00:14.
Atualizado em 17/05/2022 às 10:36
É importante aumentar os cuidados com pessoas mais vulneráveis, como idosos, crianças e enfermos (MAURÍCIO VIEIRA/JORNAL HOJE EM DIA)

É importante aumentar os cuidados com pessoas mais vulneráveis, como idosos, crianças e enfermos (MAURÍCIO VIEIRA/JORNAL HOJE EM DIA)

Os próximos dias prometem frio intenso em todo o país, e o Norte de Minas não vai ficar de fora dessa onda gelada prevista para esta semana. O alerta emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê geadas e até mesmo um ciclone subtropical no Sul do Brasil.

As temperaturas começaram a cair ainda no domingo, mas em Montes Claros, por exemplo, a situação deve piorar a partir desta quarta-feira (18). A queda será abrupta, o que pode oferecer risco de doenças do trato respiratório.

Em Montes Claros, a mínima nesta segunda-feira foi de 18 graus e, a máxima, chegou a 32 graus. Para esta terça-feira a mínima prevista é de 16 graus e, a máxima, de 31 graus.

A situação aperta mesmo, obrigando o montes-clarense a tirar os agasalhos do armário, na quarta, com termômetros variando entre 17 e 25 graus. Já na quinta-feira, pico da massa fria, a variação é de 10 a 22 graus, segundo previsão do Inmet, seguindo com mínima de 10 na sexta-feira e máxima de 25 graus.

A mudança no tempo é resultado da formação e deslocamento de uma frente fria pelo país, que deverá causar também chuvas fortes em áreas do Mato Grosso do Sul, no sul do Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais e em áreas de São Paulo e Rio de Janeiro.
 
ALERTA 
Em função desse fenômeno, Minas tem 274 cidades sob alerta de frio intenso e risco à saúde. Segundo comunicado emitido pelo Inmet, há previsão de temperatura 5 graus abaixo da média durante um período de três a cinco dias nestes locais. 

O órgão ainda alerta para risco à saúde, já que, em alguns municípios, como Maria da Fé, no Sul do Estado, há possibilidade de geada e temperaturas negativas.

Diante deste cenário, o Inmet orienta que os moradores das 274 cidades listadas entrem em contato com a Defesa Civil, por meio do telefone 199, em caso de ocorrências. 

Ainda segundo o instituto, a massa de ar frio continuará atuando em grande parte do Brasil até o final da semana. 
 
CUIDADOS
O período exige uma atenção especial com a população mais vulnerável, como enfermos, moradores de rua, idosos e crianças. É essencial manter-se bem agasalhado, beber bastante água e evitar locais fechados e de grande circulação de pessoas, além da higiene frequente das mãos.

Essas medidas são de grande importância na prevenção de gripe, resfriados, pneumonia e demais doenças respiratórias, mantendo ainda mais cuidado com crianças e idosos – mais suscetíveis às doenças agravadas pelo frio. 

Nas noites com temperaturas mais baixas, recomenda-se, também, abrigar animais domésticos. “Precisamos que todos se mobilizem, as defesas civis municipais, em parceria com os demais órgãos do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sinpdec), para que possamos mitigar os riscos e atender as populações mais vulneráveis”, observou o secretário nacional de Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas.

*Com Agência Brasil


 

Compartilhar
Logotipo O NorteLogotipo O Norte
E-MAIL:jornalismo@onorte.net
ENDEREÇO:Rua Justino CâmaraCentro - Montes Claros - MGCEP: 39400-010
O Norte© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por