A partir de amanhã, 19 municípios da região Norte de Minas começam a vacinar cães e gatos contra a raiva, seguindo um calendário escalonado. Na zona urbana de Montes Claros a campanha de proteção aos animais será em 11 e 18 de setembro. Na zona rural, em três dias: 26 de setembro, além de 3 e 10 do mês que vem. 

Até o fim da campanha abrangendo os municípios da Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros – (SRS), em 29 de outubro, a expectativa é imunizar 240 mil cães e gatos. 

O veterinário Alex Portes Gomes explica que a raiva é uma doença incurável que acomete cães, gatos e humanos, atingindo de forma agressiva, e podendo ser fatal. “Cães e gatos devem receber a primeira dose entre 3 e 5 meses de idade, efetuando o reforço anual”, reforça o especialista. 

“Vale salientar que, além da vacina contra a raiva os cães devem ser imunizados contra outras doenças infecciosas, como cinomose, parvovirose, leptospirose, parainfluenza. Já entre os gatos a vacina polivalente serve para prevenção de rinotraqueite infecciosa felina, calicivírus felino, panleucopenia felina, leucemia felina e clamidiose. Por isso, mantenha seu pet com a as vacinas em dias sempre acompanhados de um médico veterinário”, observa o veterinário.
 
ORIENTAÇÕES
A coordenadora de vigilância em saúde da Secretaria Regional de Saúde, Agna Soares da Silva Menezes, explica que já foram repassadas orientações às secretarias municipais sobre a campanha, bem como em relação às providências que devem ser tomadas para que seja alcançada a meta de vacinação de 100% dos animais. 

“Devido à pandemia da covid-19 os municípios devem adotar várias medidas de segurança, entre elas o uso de luvas e máscaras por parte dos aplicadores de vacina; higieni-zação constante das mãos com água e sabão; distanciamento social; evitar aglomerações e o contato físico com o proprietário dos animais e outras pessoas. 

Dependendo da situação de cada localidade, a Secretaria de Estado da Saúde também recomenda que os municípios implementem a campanha de casa em casa, evitando com isso a ocorrência de aglomerações de pessoas e assegurando que todos os animais sejam vacinados dentro do prazo previsto de 45 dias nas zonas urbanas e rurais”, acrescenta Agna Menezes.
 
DOENÇA 
A raiva é uma infecção viral aguda que pode acomete animais e humanos através da saliva de outros bichos infectados. O vírus ataca o sistema nervoso central, promovendo severas alterações nesse sistema e podendo levar à morte.

Atualmente a doença é controlada no Brasil. Os sintomas, tanto nos homens quanto nos animais podem demorar a aparecer, pois em alguns casos o vírus pode ficar até dois meses incubado. Em específico na raiva felina, ao se manifestar, pode causar salivação em excesso, estrabismo, espasmos, desorientação e isolamento. 

É uma doença para a qual a melhor medida de prevenção é a vacinação pré ou pós exposição ao vírus. Quando a profilaxia antirrábica não ocorre e a doença se instala, pode-se utilizar um protocolo de tratamento com uso de antivirais e outros medicamentos específicos. 

SAIBA MAIS
A campanha de vacinação antirrábica abrange as cidades de Berizal, Bocaiúva, Coração de Jesus, Curral de Dentro, Engenheiro Navarro, Francisco Dumont, Jaíba, Jequitaí, Joaquim Felício, Juramento, Lagoa dos Patos, Mirabela, Ninheira, Nova Porteirinha, Olhos D´Água, Rio Pardo de Minas, Rubelita, Santa Cruz de Salinas e Serranópolis de Minas.
Somente a vacinação pode prevenir a transmissão e o contágio da doença, tanto em humanos quanto nos animais. 
 
É importante lembrar e falar sobre os sintomas dessa doença. Essa zoonose, ao acometer cães e gatos, pode causar o isolamento do animal em lugares escuros, agitação, latidos e mordidas no ar sem motivos aparentes.  
 
Outros sintomas são salivação excessiva, agressividade e paralisia.