Cinquenta e quatro cidades do Norte de Minas estão recebendo uma nova remessa da vacina meningocócica conjugada ACWY, que começou a ser oferecida pelo SUS em março deste ano. São 3.400 doses para atender a rotina nas salas de vacinação.

Essa é a segunda remessa enviada à região para imunizar meninos e meninas de 11 e 12 anos de idade. Até o fim do ano, a previsão é a de que mais de 40,6 mil adolescentes sejam vacinados na região.

O esquema prevê a aplicação de apenas uma dose da ACWY nesse público. Em março, os municípios da área de atuação da Superintendência Regional de Saúde de Montes Claros receberam 4.070 doses do imunobiológico.

“Para alcançar o maior número possível de adolescentes, sugerimos que as secretarias de saúde façam a busca ativa do público elegível, principalmente aqueles que já completaram 12 anos, a fim de que não percam a oportunidade de imunização”, esclarece a técnica em imunização da Superintendência Regional de Saúde (SRS), Mônica de Lourdes Rochido Azevedo.

Além da busca ativa, os municípios deverão registrar no sistema e-SUS as doses de vacinas aplicadas, para que a Secretaria de Estado da Saúde tenha condições de acompanhar o trabalho implementado em cada região.

O objetivo do Ministério da Saúde é vacinar, até o fim deste ano, um percentual igual ou maior a 80% dos adolescentes, o que corresponde a mais de 5,6 milhões de pessoas. Em Minas Gerais, a estimativa é a de que 337.893 adolescentes com 11 anos e 347.407 com 12 recebam a vacina meningocócica ACWY.
 
GRAVIDADE
A coordenadora do Programa de Imunizações da SES-MG, Josianne Dias Gusmão, salienta que a escolha do grupo alvo para receber a vacina aconteceu considerando a gravidade da doença e o estado de portador dos adolescentes.

“Os programas de imunização geralmente têm como alvo as populações consideradas de maior risco para desenvolvimento da doença, ou a prevenção do estado de portador. A partir de evidências, considerando a implementação e continuidade das estratégias de vacinação contra as doenças meningoócicas, o SUS passa a disponibilizar a vacina ACWY conjugada para esses adolescentes”, reforça a coordenadora.
 
VACINAS PELO SUS
Atualmente, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) disponibiliza pelo Sistema Único de Saúde, no Calendário Básico de Vacinação, as doses que protegem contra vários agentes causadores de meningite. São elas: A BCG (Meningite Tuberculosa); a Tríplice Viral (Meningite, sarampo e caxumba); a Pentavalente (meningite por Haemofilos influenzae b em crianças abaixo de 5 anos); meningocócica C conjugada e vacinas pneumocócicas conjugadas 10 valente (meningite pneumocócica – 10 tipos).

Tais vacinas são consideradas de interesse prioritário à saúde pública brasileira, uma vez que protegem contra os principais tipos das doenças meningocócicas.