Pirapora é o primeiro município do Norte de Minas a começar a aplicar a terceira dose da vacina contra a Covid-19. A ação teve início nesta quarta-feira (8), com atendimento a idosos asilados que já haviam sido imunizados há mais de seis meses com a CoronaVac. Esse público está recebendo o imunizante da Pfizer.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Fábio Bacheretti, a terceira dose deve ser aplicada com um imunizante diferente do primeiro para reforçar o efeito.

“Já estamos antecipando a terceira dose para os idosos e o sucesso da vacinação em Pirapora é resultado de um trabalho em equipe, uma coordenação eficiente no processo de imunização e a não descentralização para muitos postos de vacinação, o que incorreu em menor perda de doses ou falhas de processo de trabalho”, afirma o secretário de Saúde de Pirapora, Rafael Lana.

Segundo ele, todo o processo deu muito trabalho. “Mas a equipe se manteve em todo momento determinada para que a vacina chegasse ao braço do piraporense”, diz o gestor da pasta.

Na última semana, Pirapora concluiu a vacinação dos adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades, deficientes ou privados de liberdade.

NOVOS GRUPOS
A cidade também já vacina, desde ontem, os adolescentes de 17, 16 e 15 anos, sem comorbidades.

De acordo com a médica Fernanda Miranda, coordenadora do Comitê Covid-19 de Pirapora, após a aplicação nos idosos residentes em Instituições de Longa Permanência (ILP), serão atendidos os idosos com 70 anos ou mais que tomaram a segunda dose há mais de seis meses e pessoas com alto grau de imunossu-pressão, que já tenham tomado a segunda dose há mais de 28 dias.

Sem data em MOC
Em Montes Claros, a vacinação prossegue para pessoas com idade a partir de 18 anos e para aqueles que precisam tomar a segunda dose da Pfizer e da AstraZeneca.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que a aplicação da dose de reforço terá início na segunda quinzena de setembro, mas a data ainda não foi definida.

A deliberação nº 3.508, publicada neste final de semana no Diário Oficial do Estado, autoriza os municípios que finalizaram a vacinação na população acima de 18 anos e que ainda tenham em estoque a vacina da Pfizer a iniciar a aplicação nos adolescentes de 12 a 17 anos.

Para isso, devem seguir a ordem estabelecida: pessoas com deficiência permanente, com comorbidades, gestantes e puérperas, pessoas privadas de liberdade e pessoas sem comorbidades.
 
COM ESTOQUE
“Acredito que outros municípios iniciarão essa etapa da vacinação, porque alguns já finalizaram a população adulta, mas lembramos que o Ministério da Saúde só vai começar a enviar doses específicas para população de 12 a 17 anos e para terceira dose a partir de 15 de setembro. Nesse momento, estão iniciando aqueles que têm a vacina Pfizer estocada e já tenham finalizado a população adulta”, diz Agna Menezes, coordenadora do Núcleo de Vigilância Epidemiológica da Regional de Saúde de Montes Claros.