A Volkswagen ainda não sabe quando lançará a segunda geração da picape Amarok, que completou dez anos de mercado. E, enquanto isso não acontece, a marca resolveu atualizar a linha 2021, com destaque para as versões com motor V6, com foco no perfil de consumidor chamado de “agro millennial”.

É um nome bonito para representar aquele menino que saiu para estudar e voltou cheio de conhecimento para o campo, com saudade do cheiro de terra molhada e botas de grife. Quase um enredo de novela. Ele gosta de coisas refinadas e, certamente, não vai guiar picape sem as virtudes que a Amarok entrega. 

Mas para levar a picape para casa é preciso ser filho de fazendeiro bem-sucedido, como os coronéis interpretados por Antônio Fagundes. Ela é oferecida em duas opções de acabamento: Highline (R$ 243.290) e Extreme (R$ 256.390). A grande novidade é que a Amarok V6 chega ao mercado com acréscimo de potência. Seu V6 3.0 turbodiesel teve a potência elevada de 225 cv para 258 cv. 

Ainda conta com função Overboost, que entrega mais de 14 cv por dez segundos. Já o torque foi ampliado de 56,1 mkgf para 59,1 mkgf. Segundo a VW, ele acelera de 0 a 100 km/h em 7,4 segundos e vai a até 190 km/h. A transmissão manteve a caixa automática de oito velocidades.

A V6 conta com tração integral 4Motion, que mantém a distribuição nas quatro rodas a todo momento, sem a necessidade de usar seletor 4x2 para 4x4. No asfalto, se traduz em maior aderência e controle direcional. Fora dele, garante à picape tração para encarar terrenos acidentados e de baixa aderência.
 
CONTEÚDOS
O pacote de equipamentos da Amarok V6 é vasto. A lista inclui ar-condicionado digital de duas zonas, bancos dianteiros (motorista e passageiros) com ajustes elétricos, câmera de ré, piloto automático (controle automático de velocidade), bancos revestidos em couro, multimídia Discover Media (com Android Auto, Apple CarPlay, CD Player, GPS nativo e câmera de ré). 

A picape ainda inclui faróis bixênon com luz de condução diurna (DRL) em LED, indicação de pressão dos pneus, retrovisor interno eletrocrômico, retrovisores externos elétricos, aquecíveis e rebatíveis eletricamente, sensores de chuva e crepuscular, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, travas e vidros (nas quatro portas) elétricos, sistema de alarme com volante com regulagens de altura e profundidade.
 
BLACK STYLE
A versão Extreme pode ser equipada com o pacote Black Style que acresce R$ 1.880 ao preço final. O kit monocromático segue a linha da S10 Midnight, com rodas aro 20 pintadas em preto, assim como estribos, santo-antônio (emoldurado), retrovisores e para-choques. Os únicos elementos cromados são o emblema da VW e o friso na grade do radiador.