Numa tacada só, a Chevrolet apresentou o Onix RS e a série especial Midnight para Onix Plus. As opções chegam à rede de concessionárias na segunda quinzena de outubro, ao preço de R$ 75.590, para o hatch, e R$ 81.390, para o sedã.

O Onix “esportivado” e Plus mafioso serão equipados apenas com motor 1.0 turbo de 116 cv e transmissão automática de seis marchas. Ou seja, tecnicamente, a dupla não difere em nada das demais versões.
 
RS
O Onix RS ganhou novo para-choque com pequenos spoilers pronunciados, nova grade com estilo colmeia, teto pintado de preto, rodas aro 16 com desenho exclusivo, saias laterais e aerofólio traseiro. Por dentro ele também abusa da decoração em tom preto, para realçar sua pegada esportiva.

Por outro lado, nem um parafuso foi trocado, no que diz respeito a modificações técnicas. Motor, câmbio e suspensão são exatamente iguais às demais opções do hatch. Nem mesmo opção manual foi cogitada, assim como uma possível inclusão da unidade 1.2 do Tracker. Segundo a General Motors, a razão se dá pela excelente aceitação do conjunto motor.

Cerca de dois terços da dupla Onix e Onix Plus são equipadas com o bloco 1.0 turbo, sendo que a maioria é equipada com transmissão automática. A não adoção do bloco 1.2 se dá pelo fator tributário, uma vez que a alíquota do IPI é mais pesada para motores acima de 1.0. 

“Queremos um carro para fazer volume e não para um nicho pequeno com participação de 2% das vendas. Projetamos para o RS de até 10%, que é um volume excelente considerando os números do Onix”, explica o diretor de Marketing da GM, Hermann Manke.
 
MIDNIGHT
Já o Onix Plus Midnight é tido como série especial e não uma versão regular. Sua programação é para um ano de mercado. No entanto, os executivos acreditam que certamente irão estender o período, tendo como base os resultados de seus irmãos, que também já vestiram o traje de gala.

Isso porque o sedã recorre à receita que já foi aplicada em modelos como S10, Tracker, Cruze e Equinox. Com acabamento monocromático, o sedã ficou com cara de malvado. Os faróis receberam máscara negra, assim como os apliques cromados também foram substituídos por elementos em tom preto, inclusive a gravatinha da Chevrolet. O visual é legal e realça o DRL em LED. As rodas aro 16 também seguem a paleta noir.

Por dentro, tudo preto. Bancos, molduras, apliques e forros. Como a série tem como base a versão Premier, ela não tem opcionais. Partida sem chave, bancos em couro (preto), ar-condicionado digital e multimídia MyLink, que ganhou tela de oito polegadas, fazem parte da lista de conteúdos.