Após o governador Romeu Zema (Novo) adiantar na última quinta-feira que o Campeonato Mineiro seria paralisado a partir desta segunda (22), em função da pandemia do coronavírus, uma reunião envolvendo membros do governo e da Federação Mineira de Futebol (FMF) confirmou que os jogos da competição serão retomados no dia 1° de abril.

Isso significa que as partidas válidas pela sexta, sétima e oitava rodadas do torneio, todas inicialmente previstas para acontecerem em março, serão remarcadas para abril. O clássico entre Atlético e Cruzeiro, o mais aguardado do campeonato, acontecerá no dia 11, no estádio Mineirão.

“A FMF, reiterando a rigidez e segurança de seu Protocolo de Operações, aprovado e supervisionado por todos os órgãos competentes, em especial pela Secretaria de Estado de Saúde, acatou o pleito realizado pelo governo de Minas Gerais de adoção de medidas mais rigorosas de isolamento, por estarmos diante da fase mais aguda da pandemia até então”, divulgou a FMF, por meio de nota, após a reunião.

“Já ficou acertado com o governo de Minas Gerais que o Campeonato Mineiro será retomado no dia 1.4.2021, um dia após o término da fase mais restritiva do ‘Protocolo Onda Roxa’”, continua a nota.

De acordo com informação trazida inicialmente pela Rádio 98 FM, os jogos seguirão a ordem das rodadas e serão marcados respeitando tal critério. “Os horários das partidas serão objeto de alteração por parte da emissora detentora dos direitos de transmissão, de modo que se cumpra o toque de recolher exigido no ‘Protocolo Onda Roxa’, destacou a FMF. 

Por causa da Onda Roxa, do Programa Minas Consciente, todos os municípios mineiros entraram em regras mais restritivas para tentar diminuir o número de infecções e mortes causadas pela Covid-19. Com isso, os eventos esportivos também “entraram na roda”.

Apesar de bater na tecla de que o futebol é um dos ambientes mais seguros, com números de casos e protocolos seguidos, a entidade máxima do esporte em Minas não conseguiu acordo para reverter o decreto de Romeu Zema