O esporte costuma garantir momentos inesquecíveis àqueles que o praticam. Seja qual for a modalidade. Felipe José Muniz, de 24 anos, por exemplo, tem o que comemorar. Cadeirante, ele foi presenteado, no último domingo, com sua primeira cadeira profissional e específica para a prática de esportes, por ocasião da terceira edição da 3ª Corrida da Polícia Federal no Combate à Corrupção. 

Há tempos Felipe, mesmo sem mobilidade nas pernas, está envolvido na maioria das corridas realizadas em Montes Claros. Como ele mesmo descreve, sempre teve contato e afinidade com o esporte. Pratica natação e vôlei sentado. Desde os 12 anos, ele passou a se interessar por essas atividades, o que tem sido de grande aprendizado. 

Assim, várias pessoas e órgãos se juntaram para fazer o bem e presenteá-lo. A ação teve repercussão nas redes sociais. A cadeira que Felipe usava para praticar esportes, antes de ganhar o presente, teve alguns problemas na Corrida do Galo. “Para mim, foi muito bom. Estou feliz e vai ser ótimo para participar de todas as corridas. Só estava faltando a cadeira para eu ir a todas”, festejou. 
 
DEDICAÇÃO 
Ele conta com orgulho que sempre chega entre os melhores da categoria. “Sempre completo o percurso dos cadeirantes. Sempre chego em primeiro. Vou sozinho. A maioria dos outros atletas são empurrados por alguém”, ressaltou. 

Felipe estuda na Fundação Vovó Clarice, que tem o papel formador do paratleta, incentivando a pratica esportiva. A instituição conta com 150 assistidos. O jovem costuma treinar todas as terças-feiras.

A mãe de Felipe, Dilma Muniz, também compartilhou a felicidade do filho. “É muito gratificante ver o sorriso no rosto dele. Felipe gosta muito de corrida e sempre me pediu uma cadeira. Ele pediu para a gente fazer campanha. Começamos a fazer e todos se mobilizaram, a escola também”, 

Montes Claros, até então, é o único município do interior que abriga a corrida, realizada também nas capitais. O percurso foi de 10 e 5 quilômetros, além da caminhada de 2 quilômetros. A largada ocorreu da Praça do Jatobás.
*Estagiário sob supervisão do editor