O Cruzeiro joga sua vida diante do Grêmio nesta quinta-feira (5), às 19h15, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. O confronto é válido pela 37ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro e fundamental para que a Raposa possa evitar um inédito rebaixamento à Série B.

Vivendo uma sequência de sete jogos sem vitória, sendo que já são três derrotas consecutivas – para Santos (4 a 1), CSA (1 a 0) e Vasco (1 a 0) –, na busca pelos três pontos o técnico Adilson Batista faz uma mudança radical na maneira de jogar da sua equipe tentando conquistar os três pontos na capital gaúcha.

O lateral-direito Orejuela, que tem bom poderio ofensivo, será escalado como meia pelo lado direito, na posição de Pedro Rocha, que vai para o banco de reservas.

Assim, a lateral direita será ocupada por Edílson, que chegou no ano passado, justamente do Grêmio, como solução, mas se transformou num problema para o Cruzeiro, pois tem alto salário e não conseguiu ainda um bom rendimento na Toca da Raposa II.

Outra mudança promovida por Adilson Batista é a volta de Fred ao comando do ataque. Ele entra na vaga de Joel, que foi titular na última segunda-feira, em São Januário, na derrota de 1 a 0 para o Vasco.

O baixo rendimento do camaronês na primeira etapa fez com que Adilson fizesse a troca no intervalo. E Fred foi muito mais produtivo.

Na lateral esquerda havia a expectativa pela entrada de Dodô na vaga de Egídio, que mais uma vez foi muito mal na marcação na última segunda-feira. Mas isso não deve acontecer, pois o jogador que veio do Santos está voltando de contusão e ainda sem as melhores condições físicas para jogar os 90 minutos.

Como a partida diante do Grêmio é decisiva, Adilson pretende colocar em campo um time mais inteiro fisicamente, para que possa fazer alterações táticas no decorrer do confronto.
 
GRÊMIO
No Grêmio, o técnico Renato Gaúcho manda a campo a força máxima. O único desfalque deve ser o zagueiro Geromel, poupado dos últimos treinamentos.

No setor ofensivo, sua dúvida é entre a manutenção do garoto Pepê ou a volta de Diego Tardelli. O Grêmio já tem vaga na fase de grupos da Libertadores do ano que vem garantida.