Após mais de um ano longe dos colegas, dos professores e do ambiente escolar, a ansiedade e a alegria tomaram conta dos estudantes que puderam voltar ao estudo presencial nesta segunda-feira. Por outro lado, pais ainda se confessam um pouco receosos.

Pai de João Pedro Fagundes, aluno do 7º ano no Colégio Indyu, Leonardo Rodrigues diz que agora se sente mais seguro em enviar o filho à escola, mas não esconde que o receio ainda existe.

“Hoje sinto bem mais segurança que antes, por causa da vacinação. Apenas um pouco receoso. Foi legal curtir a ansiedade que ele estava pela volta. Viemos no trajeto de casa até o colégio batendo um papo e relembrando dos momentos de acordar cedo, eu ligar o rádio do carro vindo pra escola e ver que ele está muito feliz. E a conversa dentro do carro também é para reforçar os cuidados, estar sempre lavando as mãos, passando álcool em gel e ficar de máscara a aula inteira”, diz Leonardo.

E a volta para a escola, poder rever os colegas, professores e vivenciar o espaço tornam o momento muito especial. “É muito bom ver todos os meus colegas de novo. Fazia muito tempo que não vinha à escola. Um pouco de ansiedade, mas está tudo tranquilo. Quero cuidar da minha saúde e me proteger tanto agora quanto daqui pra frente”, conta João Pedro.
 
EMOÇÃO
Para Guilherme Garcia Pinheiro, a volta tem ainda mais emoção porque acabou de mudar de escola. “A vontade de sair era gigante. Estou muito feliz em voltar às aulas e é tudo uma surpresa, porque eu estava em uma escola e hoje retornei ao Colégio Indyu. Estou ansioso para conhecer meus novos colegas e achei tudo organizado para nos proteger nessa volta às aulas”, conta Guilherme, do 6º ano do ensino fundamental.

“Ainda não me sinto 100% segura, mas entreguei nas mãos de Deus. E entendo que as escolas estão preparadas para receber nossos filhos. O que me preocupa são essas novas variantes”, afirma Esilene Cristina, mãe de Pedro Miguel, de 5 anos, que está no 2º período no Cemei Dona Ruth Tupinambá, no bairro Santa Rita I. Ela conta que o garoto está muito feliz por poder voltar à escola.

Para Anthony Benjamin, de 3 anos, o dia foi de muitas novidades. “É o primeiro dia dele no maternal I. Estou me sentindo super segura pelo fato de a escola ser muito boa e saber que estão adotando todos os protocolos de segurança contra a Covid-19”, conta Patrícia Ferreira Alves, mãe do garoto.