Olha o golpe!

Banco Central faz alerta para aumento das falsas mensagens enviadas por email ou celular

Larissa Durães
Publicado em 16/01/2023 às 22:36.
Aumento no número de consultas sobre falsas mensagens motivou o Banco Central emitir alerta. (REPRODUÇÃO)

Aumento no número de consultas sobre falsas mensagens motivou o Banco Central emitir alerta. (REPRODUÇÃO)

Todo mundo deve conhecer alguém que já recebeu mensagem pelo WhatsApp informando que um suposto parente ou amigo teria perdido o celular e estaria com novo número, Logo depois, vem o pedido ‘urgente’ de uma certa quantia. Isto quando não tem a chamada do ‘clássico’ sequestro e também, acompanhado pelo pedido de uma soma para liberar o ‘parente ou amigo’.  

O aumento no número de consultas sobre falsas mensagens relativas ao sistema motivou o Banco Central (BC) emitir um alerta.

Serviços de atendimento ao cidadão têm recebido um volume quatro vezes maior que a média de consultas sobre informações inverídicas, de acordo com o BC. 

Foi o que aconteceu recentemente com a analista de marketing Priscila Sena, que garante estar estar sempre alerta. 

“De vez em quando chega alguns e-mails assim, na minha conta privada, e a gente não participa de nada, não conhece a pessoa e tem um suspeito falando que recebi dinheiro ou que tenho que pagar algum boleto”.  

Desconfiada, Priscila diz que como vê muitos casos na própria mídia. E sabe de colegas que também já relataram. E toma a atitude de bloquear ou denunciar o rementente. 

“Esse tipo de crime está ficando cada vez mais comum e mais diversificado. Seja para clonar o WhatsApp, pagar algum boleto, falar que sequestrou um parente, que está precisando de ajuda econômica. Meu pai foi vítima. Então, por conhecer outras histórias, acaba a gente ficando em alerta”, conta.
 
DICAS 
A primeira dica do Banco Central diz respeito às mensagens recebidas pelo WhatsApp para resgatar valores esquecidos no Banco Central imediatamente via PIX. Nesse caso, o órgão orienta o cidadão a ignorar o conteúdo, mensagens e a não clicar em links. Esses links, informou o BC, roubam senhas em redes sociais e pode instalar vírus e programas espiões no celular.

Informações oficiais sobre valores a receber e sobre a consulta ao sistema são divulgadas apenas no site do Banco Central e nas redes oficiais do órgão, jamais por aplicativos de mensagens ou SMS.  

O Banco Central esclareceu que a consulta a valores esquecidos está suspensa desde abril. Que quando o sistema voltar a funcionar, passará a permitir o saque por herdeiros e representantes legais de falecidos.

*Com Agência Brasil

Compartilhar
Logotipo O NorteLogotipo O Norte
E-MAIL:jornalismo@onorte.net
ENDEREÇO:Rua Justino CâmaraCentro - Montes Claros - MGCEP: 39400-010
O Norte© Copyright 2023Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por