Dias em casa, afastados de familiares e amigos e das confraternizações e em home office. Não tem sido fácil para ninguém enfrentar esse momento histórico de pandemia. Para muitas mulheres, os motivos para se produzir, colocar um salto e se maquiar, foram embora com o isolamento social. 

Não é raro ouvirmos relatos de pessoas que ficam o dia inteiro de pijama, que a roupa de ginástica tem sido o uniforme oficial durante o distanciamento. Quem precisa participar de reuniões no trabalho, diz que não pode nem levantar da cadeira durante a videoconferência, pois só se arrumou da cintura para cima.

Mas, será que essa é a melhor atitude? Como esse “desleixo” pode impactar no emocional e na autoestima? Para o psicólogo Worney Ferreira de Brito, professor e supervisor de estágios de Psicologia da Fasi e do Centro Universitário Funorte, continuar a rotina com os cuidados pessoais é uma maneira de a mulher se sentir profissional e bem, mesmo estando em casa. 

“Entendo essa forma de as mulheres estarem arrumadas e maquiadas. Tenho uma colega, inclusive, que usa perfume. Posso dizer que nos dois primeiros dias de aula remota tive dificuldade para entender que tinha mudado de sala. Porque não mudei de ambiente, meu ambiente continuou o mesmo, no escritório, em frente ao computador, com a mesma parede cheia de avisos e isso não muda. Como vou dar conta de fazer o clique na minha cabeça de que eu mudei de sala de aula?”, relata.

A consultora de beleza e imagem Lindair Neves não abre mão da produção diária. Ela destaca que mantém a rotina de cuidados com a pele e se maquia todos os dias.

“Nesse momento em que estamos mais tempo em casa, os cuidados pessoais estão sempre em dia: cabelos, pele, unhas e imagem. Minhas clientes são atendidas através das redes sociais. E quando tudo isso passar, estaremos ainda mais lindas”, conta.

Se arrumar todos os dias, mesmo estando em casa, é uma forma que a estilista Maria Marlene tem de declarar o amor por ela mesma. “Acordo cedo e digo para mim: eu te amo. Minha autoestima sempre está em alta. Coloco uma roupa bonita, me embelezo, embora sei que vou andar apenas alguns metros e entrar em outro cômodo da casa (no ateliê)”, diz ela. “Faço questão de atender minhas clientes com as unhas feitas. Se você se amar, todos ao seu redor amarão você”, destaca.
 
ESPAÇOS DEFINIDOS
Worney afirma que se produzir para o home office é uma forma de as mulheres definirem a diferença dos momentos e dos espaços em casa, para que o dia não se torne um eterno afazer doméstico. 

“Quando ela faz a transição, é muito fácil para ela compreender que ela está no escritório, que ela não está em casa. Vamos pensar? A mulher é mãe, esposa, é profissional, é tutora de cachorro e gato, é filha e, às vezes, sobra para a mulher essa tarefa de lidar, por exemplo, com um pai idoso, um familiar doente. Então, para se reconhecer nesse outro papel, ela usa dessa ferramenta (de se produzir)”, explica o psicólogo.

Worney exemplifica com o fato de muitas mulheres se sentirem empoderadas quando usam salto alto. “Faz parte desse mesmo processo. De ela conseguir se concentrar dentro das atividades que sejam importantes para ela, compreender pelo que está passando. Isso ajuda a manter a saúde mental, porque ela vai conseguir dividir esses espaços”, analisa.

A cabeleireira e maquiadora Silvana Brandão diz que o interesse pelos cabelos continua forte durante a pandemia, sendo um dos aspectos fundamentais da autoestima da mulher norte-mineira.

“Ser mãe, esposa e profissional é desafiador. Mais do que cortar, pentear e colorir, é uma alegria usar essa habilidade de transformar a autoestima das pessoas. Também me alegro em participar dos sonhos das clientes, sejam elas debutantes e noivas”.

Dicas para uma rotina de skincare

Pedimos à consultora de beleza e imagem Lindair Neves dicas de como cuidar da pele - um presente neste mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher (8 de março):

1- Lavar o rosto com gel próprio para cada tipo de pele
2- Hidratar (imprescindível para manter a saúde da pele)
3- Usar o protetor solar 
4- Primer (para durabilidade da make) 
5- Base 
6- Máscara para cílios (Faz a diferença) 
7- Batom