Toda a diversidade e riqueza da arte de Felicidade Patrocínio será apresentada neste domingo na série on-line “Cultive.com”, a partir das 20h.

Felicidade considerou o convite como uma feliz surpresa. “A série Cultive.com veio para resgatar o real valor do artista dentro das sociedades. Uma oportunidade importante de veicular nome e trabalho, junto aos amantes da boa arte, tanto na música, como literatura, dança e artes plásticas. Senti-me honrada e valorizada pela inclusão do meu nome nesta curadoria, junto a nomes tão respeitados na área”, conta.

A série foi idealizada e produzida pela montes-clarense Berenice Chaves, através da plataforma YouTube. Há meses vem mostrando gêneros como música, dança, artes plásticas e literatura, com renomados artistas montes-clarenses e brasileiros.
 
Como a pandemia interferiu em seus trabalhos do ateliê?
A pandemia paralisou todo o nosso trabalho compartilhado, feito em grupo, devido ao cumprimento das leis protetivas vigentes. Como a arte é um produto social, para o meio social, sendo apresentada em exposições, tivemos que cancelar toda a agenda de 2020. O mesmo aconteceu com as oficinas de artes, pintura, cerâmica e mosaico. Os alunos sumiram e tivemos que fechar as portas, temporariamente. Surgiram dificuldades financeiras para o ateliê. No entanto, no silêncio do isolamento, parti para pesquisas e experimentos que pretendo acrescentar à produção nossa, e de alunos, quando tudo voltar à normalidade.
 
Sua formação profissional nas artes plásticas foi de maneira absolutamente autodidata. Nos conte um pouco mais sobre isso.
Sim. Através de um empirismo incansável. Ensaios, erros e acertos. Apaixonei-me primeiramente pela peça de cerâmica esmaltada e, a partir deste momento, decidi que era aquilo que queria fazer. A seguir apaixonei-me pelo processo e, então, mergulhei definitivamente na arte da terra, água, ar e do fogo: a cerâmica. Para uma visão mais ampla, frequentei por muitos anos congressos nacionais, e até internacionais de cerâmica artística, dos quais retornava com inspiração e técnicas para experimentações de um ano inteiro. O meu amadurecimento nesta arte levou-me à escultura, e esta, exigiu mais pesquisas quanto aos elementos, levando-me à experimentação e adoção de outros materiais como mármores, ferro e resinas. Hoje, transito entre a modelagem e esmaltação da cerâmica, e a escultura, inclusive, de grandes tamanhos e diversos materiais.
 
O que será abordado em seu episódio da Série Cultive on-line?
Inteligentemente, a produtora Berenice arrancou de mim as informações mais constituidoras da minha arte e do meu caminho. Como tinha muita arte, história, lances e muitas imagens dos produtos das minhas mãos, atividades como ministradora de oficinas de arte, ela selecionou todo esse material, de maneira lapidar, e preparou um vídeo rico, cheio de beleza onde se verá muita escultura, arte da cerâmica esmaltada, realizações e eventos do Ateliê/Galeria Felicidade Patrocínio. Irei contar, resumidamente, os fatos mais interessantes do caminho percorrido nas artes plásticas e, ainda, oferecendo um pouco da minha carreira na literatura.
 
Você tem participado de antologias e tem publicado artigos em jornais e revistas, alguns livros solo.
Já publiquei quatro, um deles trata da biografia do artista plástico montes-clarense, figura importante no cenário nacional das artes plásticas geração 60/70, Raymundo Colares. Livro este que me foi solicitado por quase todas as galerias de arte do Rio de Janeiro e algumas de São Paulo. Lancei por último o título: “Plantando flores, pode-se colher tomates”, um livro de crônicas e contos, com passagens da minha vida, que tem agradado muito, inclusive motivando textos comentários de escritores gabaritados que recomendam sua leitura, alguns chegam a classificá-lo como de prosa, extremamente poética. Encontra-se à venda na Livraria Nobel e outras de Montes Claros.
 
SERVIÇO
Série on- line Cultive.com
DATA: domingo, 13
HORÁRIO: 20h
ONDE: www.youtube.com/Berenicechaves1