O vencedor do concurso de poesias promovido pela Academia Montes-clarense de Letras (AML), que teve como tema “A Poesia em Tempos de Quarentena”, é Marcelo Gomes Jorge Feres, do Rio de Janeiro. 

Ao todo foram 977 participações, vindas de todos os cantos do país. Poetas, professores, doutores, membros de várias entidades literárias e ganhadores de muitos prêmios se inscreveram em busca de apresentar o seu trabalho. 

Para a presidente da AML, Glorinha Mameluque, o número de concorrentes mostra o prestígio da academia. Ela relata ainda que o concurso surgiu devido à pandemia causada pelo novo coronavírus, como forma de a Academia manter as atividades, mesmo com o isolamento social.

“A Academia não poderia ficar paralisada enquanto durasse esse tempo, por isso o concurso e o tema”, diz.

Para o vencedor do concurso, Marcelo Feres, o tema é atual, já que é a realidade de todos, tempo em que quase tudo parece estar se renovando. Para ele, que durante o isolamento social tem escrito bastante, o concurso ajudou a intensificar a produtividade – neste ano deverá ter três livros lançados: um já terminado e lançado, outro sendo diagramado, e um terceiro em fase de finalização.
 
O ESCRITOR
Feres é natural de Niterói (RJ), mas em 1959 seus pais se mudaram para a cidade do Rio de Janeiro, onde residem desde então. Ele é graduado em Administração pela Ebap, tem graduação e pós-graduado em Direito pela Unesa e também licenciatura em História na Unicesumar (EAD), de Maringá (PR).

“Tomei conhecimento do concurso pela internet, pois sou cadastrado em alguns sites que informam sobre novos concursos literários. Acredito que ganhar este concurso tenha sido uma das minhas maiores conquistas no campo literário, juntamente com a obtenção do segundo lugar em um concurso internacional de livros de poesias publicados, com o meu livro Sapere Aude”, comemora ao afirmar que o que move um escritor é ser lido e reconhecido.

Aos jovens escritores, ele manda um recado: “jamais desistam, pois nós, poetas e escritores, temos primeiro um compromisso com nós mesmos, sendo o sucesso ou não, apenas consequências. O nosso principal compromisso é com a nossa vocação, com nossos desejos e anseios e com nossas próprias felicidades, fazendo sem esperarmos retribuições, aquilo que sentimos que devemos realizar”.
 
PRÊMIO
Como prêmio pelo primeiro lugar no concurso da Academia Montes-clarense de Letras, Marcelo receberá certificado e valor de R$ 500. 

Já o segundo colocado, José Aparecido Rolon, de Osasco (SP), também receberá certificado e R$300. O terceiro classificado, José dos Reis Santos, de Passos (MG), receberá o certificado e R$ 200. Os demais, classificados receberão o certificado de Menção Honrosa.

Devido ao tempo de distanciamento social, não haverá cerimônia e apenas comunicação e remessa dos certificados virtualmente, através dos e-mails.

CONFIRA O RESULTADO
1º lugar: Marcelo Gomes Jorge Feres – Rio de Janeiro – RJ – Aos píncaros desta página finda (057)
2º lugar: José Aparecido Rolon – Osasco – SP - Onde há poesia (713)
3º lugar: José dos Reis Santos – Passos – MG - De repente (269)