Um homem de 45 anos foi preso pela Polícia Civil suspeito de estupro de vulnerável e importuna-ção sexual, no bairro Alto da Boa Vista, em Montes Claros. Ele foi detido em flagrante no último domingo, sendo apresentado ontem, durante coletiva.

De acordo com a delegada Karine Almeida, o homem se masturbava na frente de uma mulher, quando a filha dela, uma jovem de 15 anos, contou que o suspeito também havia cometido estupro contra ela, há cerca de três anos.

O homem já vinha sendo investigado desde o início do mês, por importunar sexualmente outras vizinhas. Ele é acusado de pular o muro das casas para cometer o ato e observá-las dormindo.

Segundo a delegada, o suspeito tem histórico sexual compulsivo e, mesmo depois de cometer o primeiro estupro contra a jovem, vinha pressionando a adolescente a manter relações com ele, ameaçando-a constantemente.

De acordo com os pais, a adolescente tentou suicídio duas vezes e vinha se automutilando durante esse tempo em que era pressionada pelo homem.

Até ontem, cinco testemunhas haviam prestado depoimento à polícia. O suspeito não tem passagem pela polícia e, em depoimento, negou os crimes. Ele pode pegar de oito anos a 15 anos de reclusão por estupro de vulnerável e até cinco por importunação sexual.