Saúde

Sinais que salvam vidas

Da Redação (Hoje em Dia)*
Publicado em 05/09/2022 às 23:19.
Isolamento, mudanças na alimentação e no sono, automutilação, autodepreciação, interrupção de planos e abandonos de estudo
e emprego estão entre os sinais que devem ser observados. (PIXABAY)

Isolamento, mudanças na alimentação e no sono, automutilação, autodepreciação, interrupção de planos e abandonos de estudo e emprego estão entre os sinais que devem ser observados. (PIXABAY)

Catorze mil suicídios ou tentativas de tirar a própria vida são registrados todos os anos no Brasil. Jovens do sexo masculino lideram os casos, conforme a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina. 

O alerta contra muitas mortes que poderiam ser evitadas é reforçado neste mês durante a campanha Setembro Amarelo. A média de 38 casos por dia preocupa médicos e autoridades, que chamam a atenção para a piora do cenário após a Covid-19.

“Infelizmente, a pandemia nos trouxe um agravamento na saúde mental de todos os brasileiros e tem atingido crianças a partir de 6 anos”, disse a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Cristiane Britto.

A faixa etária dos brasileiros que mais tentam suicídio é a de 11 a 19 anos. Entre os jovens de 15 a 29, é a quarta principal causa de mortes, atrás de acidentes no trânsito, tuberculose e violência interpessoal.
 
ATENÇÃO AOS SINAIS 
Entre os sinais que devem chamar a atenção das pessoas estão isolamento, mudanças no sono e na alimentação automutilação, autodepreciação, interrupção de planos e abandonos de estudo e emprego.

“A gente vem instigando a sociedade a observar os sinais. E, nesse ano, queremos envolver a família, para que observe os sinais. Os que estão em depressão querem acolhimento, precisam ser ouvidos. Não ignore sinais, principalmente de crianças e aqueles que estão na adolescência”, disse a ministra.

Dentre as iniciativas que visam a prevenção ao suicídio – e que as autoridades reforçam durante o Setembro Amarelo – está o Centro de Valorização da Vida (CVV), organização que atende de forma voluntária, 24 horas por dia, pessoas que queiram conversar ou pedir ajuda. 

As conversas são sigilosas. O telefone do CVV é o 188, e a ligação é gratuita. Também é possível participar de um chat pelo site da organização: cvv.org.br.

* Com informações da Agência Brasil

Compartilhar
Logotipo O NorteLogotipo O Norte
E-MAIL:jornalismo@onorte.net
ENDEREÇO:Rua Justino CâmaraCentro - Montes Claros - MGCEP: 39400-010
O Norte© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por