Queda de braço na saúde

Santa Casa diz que foi descredenciada pela Unimed, que alega decisão ‘unilateral’ do hospital

Márcia Vieira
Publicado em 20/01/2023 às 23:00.
 (Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos de MG)

(Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos de MG)

Usuários do plano de saúde Unimed Norte de Minas foram surpreendidos com um comunicado da Santa Casa sobre o descredenciamento da operadora. Após 17 de fevereiro, até mesmo s serviços de urgência e emergência, internações e partos para os clientes da empresa serão suspensos.

Desde dezembro, serviços de imagem, laboratório, cardiologia, endoscopia, ecografia vascular com doppler, terapia oncológica e radioterapia já não estão disponíveis na unidade. De acordo com o hospital, o vínculo foi desfeito a pedido da própria operadora, que rebate a informação. 

O texto do ofício n°40, tornado público pela Santa Casa, expõe que a Unimed comunicou o descredenciamento dos serviços discriminados no ofício. 

“Desta forma, a partir de 18/12/2022 a Irmandade Nossa Senhora das Mercês de Montes Claros não poderá prestar os Serviços Auxiliares de Diagnóstico e Terapia, acima especificados, aos beneficiários da Unimed através do plano de saúde, em caráter eletivo”, informa o documento, assinado pela diretoria da Unimed. 

Em nota, a Santa Casa destacou que “apesar de inúmeras tentativas de negociação entre as partes”, que ocorreriam desde maio passado”, não foi possível mudar o quadro. 

“A Unimed Norte de Minas reiterou o descredenciamento parcial em 16 de janeiro de 2023, ferindo o direito de atendimento integral do paciente neste hospital. A Santa Casa reitera que tem total interesse em continuar atendendo os beneficiários da Unimed de forma integral, sem nenhuma restrição de atendimento, conforme é praticado com todas as outras operadoras, inclusive com a própria Unimed Norte de Minas até a data do comunicado do descredenciamento por parte do plano de saúde. O hospital esclarece que o atendimento de urgência e emergência está mantido até 17 de fevereiro de 2023. A partir do momento em que a Unimed Norte de Minas revogar o descredenciamento, o atendimento integral será restabelecido imediatamente”, diz o comunicado. 
 
CONTRAPONTO 
Em comunicado aos beneficiários, a operadora atribui responsabilidade a uma decisão unilateral do hospital. “A Unimed Norte de Minas foi surpreendida no dia 19/01/2023 com a decisão unilateral e isolada da Santa Casa de Montes Claros de interromper a prestação de serviços aos seus beneficiários, semelhante ao que já ocorreu em outros momentos com os serviços de pediatria e obstetrícia. Informamos que, estando há mais de 50 anos em atividade no Norte de Minas, a Cooperativa conta com rede consolidada de prestadores de serviços hospitalares e não hospitalares, pronta a prestar assistência integral a sua saúde, conforme regras legais estabelecidas pela ANS e dentro dos melhores padrões Unimed”. 
 
USUÁRIOS 
O assunto repercutiu de maneira negativa nas redes sociais. 

“Extrema falta de respeito!”, publicou um internauta. Outro diz que “há especialidades que só a Santa Casa tem. O jeito, agora, é fazer uma boa portabilidade e dar adeus a Unimed”, reclamou outra. 

Há quem acredite que a situação possa ser alterada. “Basta rever a decisão. Penso que deve ser melhor para vocês buscarem uma solução do que nós, usuários, buscarmos outro plano que atenda também neste hospital, a menos que o plano não precise mais dos clientes”.  

A reportagem tentou contato com a Unimed, mas até o fechamento da edição não houve retorno. 

Compartilhar
Logotipo O NorteLogotipo O Norte
E-MAIL:jornalismo@onorte.net
ENDEREÇO:Rua Justino CâmaraCentro - Montes Claros - MGCEP: 39400-010
O Norte© Copyright 2023Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por