Começa na segunda-feira (18) a próxima etapa da Campanha de Vacinação contra o Sarampo em Minas. Nesta segunda fase, que se estenderá até 30 de novembro, deverão ser imunizados jovens de 20 a 29 anos que não possuem histórico vacinal de duas doses da vacina.

O Dia D de Mobilização está programado para o último dia da campanha. “As faixas etárias entre 20 e 29 anos foram escolhidas com o objetivo de aumentar a cobertura vacinal da doença, já que a mesma apresenta maior frequência de casos nesta faixa de idade. Dessa forma, a vacina direcionada para este público reduz a possibilidade de aglomeração nas Unidades Básicas de Saúde, em decorrência da procura pela dose”, explica a coordenadora estadual do Programa de Imunizações da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), Josianne Dias Gusmão.

Desde o início do ano foram confirmados 99 casos de sarampo em Minas. Quatro desses casos ocorreram no primeiro trimestre e a cadeia de transmissão foi contida. A partir de junho de 2019, no entanto, segundo dados do boletim epidemiológico divulgado ontem pela SES-MG, o número de casos suspeitos aumentou, totalizando 1.766 notificações provenientes de 250 municípios no Estado.

Desses, 1.103 (62,15%) foram descartados, 568 (32,1%) estão em investigação e 95 (5,4%) foram confirmados, sendo detectados novos casos e cadeias de transmissão da doença.

Os quatro casos confirmados no primeiro trimestre foram de moradores de Belo Horizonte, Contagem e Betim, com origem dessa cadeia um viajante proveniente da Europa.

Os primeiros 70 casos positivos no Estado, a partir de junho, foram relacionados à importação do vírus de doentes que estiveram no Estado de São Paulo ou por contato direto com doentes provenientes das cidades de São Paulo (SP). A partir das investigações realizadas pelas vigilâncias locais nas últimas semanas, vêm sendo detectados casos sem vínculo com importação, ou seja, casos com origem em Minas.
 
NOVA ETAPA
Nesta etapa da campanha, seguindo orientações do Ministério da Saúde, será utilizada como referência para a vacinação a estimativa de não vacinados contra o sarampo entre a faixa etária de 20 a 29 anos e não a cobertura vacinal, como foi feito anteriormente. 

Em Minas Gerais, a estimativa de não vacinados dentro dessa faixa etária é de mais de 1,4 milhão, sendo 447.650 indivíduos de 20 a 24 anos e 964.473 pessoas entre 25 e 29 anos. “É importante ressaltar, ainda, que a vacina tríplice viral está disponível para toda a população, de 6 meses a 49 anos, na rotina dos serviços de imunização. Para isso, basta a pessoa ir até o posto de saúde mais próximo da residência com o cartão de vacina e se imunizar”, afirma Josianne Gusmão. 

SAIBA MAIS
Para Minas, 720 mil doses

Até o momento, Minas Gerais recebeu, do Ministério da Saúde, 720 mil doses da vacina tríplice viral para serem utilizadas nesta segunda etapa de vacinação contra o sarampo. Ao longo do mês, serão enviadas mais doses para complementar o quantitativo necessário do público prioritário da campanha.

“A principal ação da secretaria para impedir o avanço da doença é manter a população protegida por meio da vacinação, mobilizando esforços para garantia de altas coberturas vacinais”, afirma Josianne Gusmão.