Ocorre hoje, em todo o país, o Dia D de vacinação contra o sarampo. A mobilização visa estimular a imunização contra a doença, que tem feito vítimas em todo o Brasil. Postos de saúde estarão abertos para vacinação em todo o território nacional. Em Montes Claros, 24 unidades vão funcionar, das 8h às 17h.

A campanha é dividida em duas etapas e, esta primeira, que seguirá até sexta-feira (25), busca imunizar crianças de seis meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias). 

Só em Minas Gerais, serão cerca de 4 mil postos de vacinação em funcionamento. Em todo o Estado, a estimativa é que 770.545 crianças precisam ser vacinadas contra o sarampo.

A superintendente regional de Saúde de Montes Claros, Dhyeime Thauanne Pereira Marques, destaca a importância de as equipes de saúde dos municípios se envolverem na Campanha, “levando em conta a necessidade do aumento da cobertura vacinal contra o sarampo, a fim de se evitar a ocorrência de surtos da doença na região”.

Nos 53 municípios que integram a área de atuação da SRS de Montes Claros, a cobertura vacinal de crianças com uma dose contra o sarampo está em 66,59%, e, com duas doses, 58,24%. Já a cobertura vacinal da população em geral, com uma dose, está em 68,4%, percentual que cai para 54,42%, considerando duas doses da vacina.  

REGISTROS
Dois hospitais de Montes Claros chegaram a interromper o atendimento na última quinta-feira (17), após crianças com suspeita de sarampo darem entrada nas unidades.

O Pronto Atendimento da Santa Casa foi fechado às 14h40 e voltou ao funcionamento normal às 18h15. A criança, de 8 anos, foi liberada durante a madrugada. Este foi o terceiro caso suspeito da doença no hospital, apenas nas últimas duas semanas. 

Já o Pronto Socorro do HUCF ficou fechado das 20h45 de quinta-feira às 6h de ontem. O paciente, de 8 meses, foi medicado e liberado na madrugada.

No fim da manhã de ontem, um caso suspeito também foi registrado no Centro Ambulatorial de Especialidades Tancredo Neves (Caetan). O sétimo andar do prédio foi isolado e desinfetado, depois de uma criança de 2 anos dar entrada na unidade. O paciente também foi medicado e liberado. 
(Com Carlos Castro e Christine Antonini)

Casos suspeitos na cidade são avaliados por exames 
Montes Claros notificou, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, 

10 casos suspeitos de sarampo, cinco deles já descartados. Os resultados dos exames sobre os demais casos ficam prontos em 10 dias. Em Minas Gerais, são 41 casos. Ao longo do ano, foram registradas ainda 

1.420 notificações provenientes de 215 municípios do Estado, sendo descartadas 733 (51,6%) e 650 ainda em investigação (45,8%). 

Verba para municípios 
Os 86 municípios da Região Ampliada de Saúde do Norte de Minas serão contemplados com o repasse de recursos superior a R$ 1,678 milhão, para que possam reforçar ações e medidas locais, no âmbito da atenção primária e da vigilância em saúde, voltadas à ampliação da cobertura vacinal da população. 

Os recursos, provenientes do Ministério da Saúde, estão previstos na Portaria 2.722, publicada na quinta-feira (16), no Diário Oficial da União (DOU). Em todo o país, o investimento previsto pelo Ministério da Saúde é da ordem de R$ 206 milhões.

O incentivo financeiro objetiva ampliar o controle de surtos e a interrupção da transmissão do sarampo e outras doenças que podem ser prevenidas por meio da imunização. Para serem beneficiados com o reforço financeiro, os municípios precisam cumprir duas metas: alcançar 95% de cobertura vacinal da primeira dose da tríplice viral, que previne sarampo, rubéola e caxumba, em crianças de 12 meses; e informar o estoque das vacinas de poliomielite, tríplice e pentavalente à Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais (SES-MG) e ao Ministério da Saúde.