A prevenção a doenças inflamatórias intestinais (DIIs) é o mote do Maio Roxo, campanha que busca a descoberta precoce de problemas como o mal de Crohn e a retocolite ulcerativa. O alerta é reforçado devido ao fato de que patologias no intestino muitas vezes são silenciosas. Além disso, os sintomas podem durar semanas, meses ou anos até que se chegue ao diagnóstico correto.

Especialista em gastroenterologia, Carlos Alberto Leal Valias destaca a importância da prevenção, por meio de acompanhamento médico.

“Permite o controle da doença, e a medicação adequada reduz a incidência de complicações e proporciona uma melhor qualidade de vida aos pacientes”, afirma.

Diarreia crônica, urgência para evacuar, cólica abdominal, perda de apetite e emagrecimento, aftas frequentes, manchas na pele, dor articular e olho seco são sinais para procurar um médico, pois podem estar relacionados às doenças inflamatórias intestinais.

O diagnóstico é feito pelo histórico clínico, exame de fezes, sangue, imagem, colonoscopia e endoscopia. Em geral, o paciente pode ter vida ativa e produtiva desde que faça o tratamento.

“Os medicamentos, muitos deles disponíveis na rede de saúde pública, reduzem a inflamação e habitualmente controlam os sintomas. Mas o mais importante é descobrir logo a doença, para ter melhores resultados do tratamento”, esclarece Carlos Valias.  

EVENTO
Para alertar a população montes-clarense sobre as DIIs, será realizado um evento no próximo sábado na Praça Dr. Carlos, das 8h às 13h. Este será o 5° Maio Roxo com a participação de portadores de doenças, familiares e a população para troca de ideias e informações sobre as DIIs.

“A campanha tem o objetivo de chamar a atenção da sociedade, promovendo maior conscientização e melhoria na qualidade de vida dos pacientes já diagnosticados. Também vai ajudar pessoas que tenham sintomas, mas não o diagnóstico confirmado, a procurarem o tratamento”, diz Carlos Valias.

Também devem participar do evento diversos especialistas, como gastroenterologistas, coloproctologistas, nutricionistas e psicólogos.

Durante o evento estão previstos distribuição de brindes, panfletos informativos, orientações de médicos especialistas, nutricionista e psicóloga.

Mais informações pelos telefones 3221 6593 ou 9 9220 4639.