O Laboratório de Pesquisa em Saúde (LPS) do Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF), da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), começa hoje a fazer os testes para diagnóstico da Covid-19. 
 
A última etapa de conformidade para início dos exames foi cumprida e oficializada pela Fundação Ezequiel Dias (Funed), que emitiu parecer formal de concordância com os resultados obtidos pelo LPS de amostras anteriormente já validadas pela própria Funed.
 
Para alinhamento dos padrões de diagnóstico, foi preciso que a equipe da Unimontes testasse os mesmos materiais já analisados pela fundação. Os dados gerados pelos diagnósticos positivos e negativos para a Covid-19 realizados pela equipe do Laboratório da Unimontes apontam 100% de concordância, quando comparados com os resultados do Serviço de Virologia e Riquetsioses (Divisão de Epidemiologia e Controle de Doenças) e do Laboratório de Saúde Pública de Minas Gerais (Lacen) – vinculados à Funed.
 
DEMANDA
Coordenador do laboratório, o professor André Luiz Guimarães explica que a quantidade de testes a ser realizada por dia será estabelecida pela demanda a ser apresentada pela Superintendência Regional de Saúde (SRS). 
 
Sobre a divulgação dos resultados, há um sistema unificado (Gerenciador de Ambiente Laboratorial/GAL) para o compartilhamento entre as autoridades sanitárias.
 
CREDENCIAMENTO
Diante do cenário de pandemia e do aumento da demanda para testes em outras regiões do Estado, além da sede da Funed em Belo Horizonte, o governo de Minas abriu procedimento técnico para o credenciamento de laboratórios públicos e privados para mais diagnósticos da Covid-19.
 
Em abril, o laboratório da Unimontes foi uma das 13 unidades credenciadas para a realização, em caráter emergencial, dos testes. 
 
A partir daí, foi preciso investir na aquisição de equipamentos e de insumos, além da capacitação de pessoal, para cumprir os padrões dos exames.
*Com Agência Minas