O governo de Minas Gerais autorizou, nesta sexta-feira (27/3), a contratação temporária e emergencial de 118 profissionais de saúde para o Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF), da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes).

O chamamento tem por objetivo suprir a demanda de atendimento às vítimas do coronavírus, com a abertura de novos leitos de UTI na unidade hospitalar.

Serão, inicialmente, quatro meses – com possibilidade de prorrogação – de contrato para enfermeiros (14), técnicos de Enfermagem (72), fisioterapeutas (6), farmacêuticos (6), técnicos de Radiologia (6), técnicos de laboratório (6) e técnicos de farmácia (8). Do total de admissões previstas, 82 servidores serão acrescentados à força de trabalho e, as outras, correspondem a substituições necessárias por conta de 36 afastamentos de profissionais que fazem parte do grupo de risco da Covid-19.

A instituição de ensino superior aguardava oficialização do Estado, após envio de estudo de impacto financeiro, para dar andamento ao processo de seleção de profissionais.

*Com Agência Minas