Com o objetivo de assegurar às pessoas mais carentes o acesso à cirurgia reparadora, o Hospital das Clínicas Dr. Mário Ribeiro da Silveira, em Montes Claros, decidiu implantar a 39ª Enfermaria para desenvolver o Projeto Reparart. A proposta é atender pessoas que têm lábio leporino, orelha de abano, dentre outros problemas, e que não têm condições de pagar pela cirurgia plástica, oferecendo mais qualidade de vida a esses pacientes. 

A coordenação do projeto é de responsabilidade do cirurgião plástico Osiris Martuscelli, idealizador do Reparart, que irá comandar a equipe de cirurgiões plásticos do HC. Martuscelli se inspirou na 38ª Enfermaria do cirurgião plástico brasileiro Ivo Pitanguy, reconhecido mundialmente.

Na Santa Casa do Rio de Janeiro, o renomado cirurgião atendia pessoas com menos recursos que sonhavam em fazer uma cirurgia plástica para reparar problemas, principalmente na face. Partindo do mesmo princípio e também inspirado nos trabalhos de Madre Teresa de Calcutá e Irmã Dulce, os dez leitos do HC vão atender pacientes de Montes Claros, do Norte de Minas, do Sul do Bahia, dentre outras regiões, que precisam corrigir deformidades não apenas da face, mas também de tórax.

As intervenções incluem ainda sequelas de queimaduras, cirurgia de fenda palatina, malformação de orelha, pálpebra, tumores. Todos os procedimentos serão feitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). 

“A enfermaria é um sonho antigo. Um lugar onde possamos dar esperança a inúmeras pessoas, como um dia foi na Santa Casa de Botafogo com a 38ª do dr. Ivo Pitanguy”, afirma Martuscelli.

Segundo o cirurgião, o projeto é pensado muito além de um tratamento estético, para vaidades pessoais, mas como uma ferramenta de alívio e de humanização, com o objetivo, sobretudo, de ajudar, de servir.

“Queremos tratar pessoas com deformidades graves, crianças que nasceram com malformações, sem orelhas, sem nariz, fissuras, pessoas que sofreram queimaduras, traumas. Pessoas com feridas e outros a quem possamos ajudar. Quando alguém fala em cirurgia plástica, vem à cabeça: mamoplastia, abdômen, lipoaspiração e próteses de silicone. Isso é uma fração mínima do que é a especialidade”, ressalta.

Para quem sonha com a cirurgia reparadora, o HC informa que o atendimento, via SUS, começa com o agendamento de uma consulta. Mas serão atendidos também pacientes que queiram realizar as cirurgias através de convênios ou mesmo particular. 

Em casos de encaminhamento pelo SUS, o Programa de Saúde da Família (PSF) irá regular para o Hospital das Clínicas Dr. Mário Ribeiro da Silveira, através da Consulta W, que faz parte da agenda de consultas disponibilizadas para controle e gerenciamento da Secretaria Municipal de Saúde de Montes Claros mensalmente.