A Fundação Hemominas deu início nesta semana à campanha “Força-Tarefa Grupo O”, que segue até sábado (14). Em caráter emergencial, a campanha visa reverter a situação preocupante nos estoques desses grupos sanguíneos, principalmente do O negativo, que na última sexta-feira (6) registrou mais de 50% de queda em toda a rede Hemominas.

De acordo com a fundação, algumas circunstâncias explicam a baixa no estoque de determinados tipos de sangue na rede, dentre elas, o longo período de frio em agosto. 

Outro fator é a vacinação contra o sarampo, que impede a doação por quatro semanas. Nesse sentido, é importante que a doação de sangue ocorra antes da vacinação. 

Outra situação citada é em relação ao ano epidêmico de dengue, que ainda se estende no Estado. 

De acordo com o médico coordenador do Hemocentro Regional de Montes Claros, José Geraldo Maia, a fundação está aberta a receber todos os grupos, mas, neste momento, a campanha visa alcançar o grupo em situação mais crítica.

“O estoque de O negativo na rede é suficiente para pouco mais de dois dias, em estado crítico, principalmente se levar em conta que a bolsa de sangue coletada hoje precisa de mais dois dias para ser liberada, após todos os exames”, explica o médico. 

UNIVERSAL 
O sangue O negativo, conhecido como doador universal, pode ser transfundido em qualquer pessoa e, por isso, é um dos mais usados pelos hospitais em situação de emergência. 

Entre os beneficiados estão vítimas de acidentes, transplantados e pacientes com problemas de coagulação. Além disso, o O negativo é receptor único, o que significa que só pode receber desse tipo sanguíneo.

Quem quiser pode agendar doação pelo 155 ou no site www.hemominas.mg.gov.br.

A Fundação informa que durante a campanha o atendimento preferencial será direcionado aos doadores dos tipos O negativo e positivo, devido à urgência do quadro. Solicita ainda a compreensão dos demais doadores (tipos A (+/-),B (+/-) e AB(+/-), igualmente importantes, quanto a qualquer transtornono atendimento que possa advir da iniciativa