Minas Gerais já vacinou, até o início da tarde de ontem, 115.219 pessoas, a maioria deles profissionais da área da saúde. Os dados constam de uma ferramenta lançada pelo governo do Estado. O “Vacinômetro” monitora o número de indivíduos imunizados contra a Covid-19 no Estado. 

Por meio do sistema, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), qualquer cidadão pode acompanhar quantas pessoas já receberam a dose de proteção e o volume de vacinas distribuídas. Basta acessar coronavirus.saude.mg.gov.br/vacinometro.

Para que a ferramenta apresente dados compatíveis entre o quantitativo de doses distribuídas e o número de vacinados, é preciso que os municípios alimentem a ferramenta diariamente por meio do Painel Vacinação Sars-Cov-2-MG, que segue a mesma lógica do Boletim Epidemiológico Covid-19. Os dados são compilados a partir das informações enviadas para a SES-MG.

A ferramenta foi criada pelo grupo de profissionais da Sala de Situação, também responsável pela formatação do Boletim Epidemiológico SARS-Cov-2. 

“Esta é mais uma ferramenta que o governo de Minas coloca à disposição para transmitir aos mineiros o máximo de informações possíveis sobre ações relacionadas ao monitoramento da pandemia. A transparência na comunicação é um valor para nós. Por isso, reforço o pedido de que os municípios preencham os dados com a maior agilidade possível para que o vacinômetro reflita a realidade”, diz o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, o médico Carlos Eduardo Amaral.
 
REMESSAS
A vacinação começou, em Minas, no dia 18 de janeiro, quando as primeiras 577 mil doses de CoronaVac chegaram. No último domingo, o Estado recebeu 190.500 doses do imunizante da Oxford/AstraZeneca. Na segunda-feira, um novo carregamento, desta vez com 87.600 doses da CoronaVac.

As doses desses duas últimas remessas começarão a ser distribuídas às Superintendências Regionais de Saúde hoje e os municípios poderão retirá-las na próxima segunda-feira.

Número de vacinados em Minas e acesso ao painel

- profissionais da saúde: 104.831 (90,9% de um total de 227.472)

- idosos em asilos: 7.427 (19% de um total de 38.578)

- pessoas com deficiência em residências inclusivas: 567 (48,8% de um total de 1.160)

- indígenas: 2.393 (30% de um total de 7.878)

Preenchimento passo a passo
- A partir do acesso ao painel da vacinação, os municípios iniciam o processo de preenchimento das informações utilizando o e-mail cadastrado. Dentro do ambiente virtual, o município deve completar espaços de nome e telefone e iniciar o preenchimento das informações sobre quantitativos de pessoas vacinadas;

- O primeiro grupo contabilizado por meio das doses 1 e 2 são os indígenas aldeados, maiores de 18 anos. O mesmo procedimento deve ser repetido para os idosos que vivem em instituições de longa permanência e também para pessoas com deficiência em residências inclusivas;

- Depois vem o registro da imunização aos profissionais de saúde

*Com Agência Minas