Pelo menos 18 cidades do Norte de Minas fecharam os acessos para entrada e saída de veículos desde segunda-feira (23). A medida foi tomada para evitar a propagação do coronavírus e não tem data para ser suspensa. É permitida a passagem apenas de caminhões de abastecimento de alimentos e combustíveis e ambulâncias. Além destes, ninguém sai ou entra nessas cidades.

Vários desses municípios já apresentam registros de casos suspeitos da Covid-19, como Janaúba e Japonvar, cada uma delas com 11 notificações. Em Januária, que também aderiu ao movimento, são oito casos suspeitos da doença, segundo a prefeitura, mas apenas cinco aparecem no balanço oficial da Secretaria de Estado de Saúde (SES) divulgado nesta segunda-feira.

No domingo, uma equipe da Saúde e da Defesa Civil, acompanhadas pelo prefeito Marcelo Félix, realizaram uma blitz educativa nas entradas da cidade, na BR-135 e na MGC-479, para orientar as pessoas sobre a barreira sanitária que entraria em vigor nesta segunda-feira (23). A ação contou com o apoio das polícias Militar e Rodoviária e do Departamento de Edificações de Estradas de Rodagem (DEER).

A decisão de fechar os acessos foi tomada em uma reunião, na última semana, do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Norte Minas (Cisnorte), constituído por 12 municípios da região e representado pelo prefeito de Brasília de Minas, Geélison Ferreira da Silva. Essa foi apenas uma das medidas discutidas no encontro, que teve o objetivo de discutir os cuidados e ações necessárias como prevenção da expansão do coronavírus na região.

A reunião considerou a avaliação do cenário epidemiológico do Estado em relação à infecção pelo vírus, bem como a efetividade das medidas de isolamento das cidades que envolvem o Cisnorte. Outros municípios, no entanto, acabaram aderindo à medida, dada a gravidade do quadro de coronavírus em Minas.

O Estado já soma 8.149 notificações, sendo 7.766 casos em investigação, com 128 já confirmados - número que representa uma alta de 54% em apenas 24 horas.

Os decretos publicados por cada município determinam o fechamento das vias públicas de acesso a eles, com barreiras fixas e móveis, monitoradas pelas secretarias de Saúde, que farão verificação do estado de saúde, orientação e prevenção aos ocupantes dos veículos de passeio, vans, ônibus intermunicipais e interestaduais.

As barreiras devem restringir a entrada nos municípios consorciados dos veículos de passeio, vans, ônibus intermunicipais e interestaduais, bem como seus ocupantes, provenientes de cidades onde resta confirmada a contaminação comunitária pelo vírus da Covid-19.

Na discussão ficou estabelecido que a Secretaria de Saúde do município pode efetuar avaliações de exceções para ingresso nos demais municípios atendidos pelo Cisnorte, permitindo ou não a entrada de veículos de acordo com o interesse público, desde que os passageiros comprovem sua residência nos municípios destinados.

As balsas de São Romão e São Francisco estão paralisadas. A primeira é o principal acesso às cidades de Ubaí e São Francisco. 

Cidades que fecharam o acesso e casos suspeitos

  • BrasíliadeMinas (4)
  • Salinas(2)
  • Campo Azul
  • Ibiracatu (1)
  • Icaraí de Minas
  • Japonvar (11)
  • Lontra(1)
  • Luislândia
  • Mirabela(1)
  • São João da Ponte (1)
  • São Romão
  • Ubaí
  • Janaúba (11)
  • Januária (8)
  • Ibiaí
  • Varzelândia (6)
  • Espinosa
  • Catuti