Eleições 2022

Urnas equipadas em MOC

Simulado no TRE de Montes Claros comprova segurança para a votação

Larissa Duarte
Publicado em 20/09/2022 às 22:41.
Juiz da 184ª Zona Eleitoral do Estado de Minas Gerais, Bruno Sena Carmona deu início aos trabalhos (LARISSA DURÃES)

Juiz da 184ª Zona Eleitoral do Estado de Minas Gerais, Bruno Sena Carmona deu início aos trabalhos (LARISSA DURÃES)

As 933 urnas eletrônicas de Montes Claros e de outras seis cidades do norte de Minas (141 no total), começaram a receber cargas e lacres nesta terça-feira (20), no cartório da 184ª Zona Eleitoral, situado à Rua João Souto, 764, Centro. Foram equipadas, também, urnas das zonas eleitorais 185ª e 317.

Os procedimentos, que preparam as urnas para serem disponibilizadas a todas as sessões eleitorais, devem ser concluídos até dia 25.

Com o intuito de demonstrar transparência e segurança, o juiz da 184ª Zona Eleitoral do Estado de Minas Gerais (TRE-MG), Bruno Sena Carmona, convidou membros do Ministério Público (MP), dos partidos políticos, das federações de partidos, dos representantes da imprensa, das coligações e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), além de cidadãos interessados, para verificarem o funcionamento de uma urna eletrônica, antes da eleição.  

Todos puderam acompanhar o processo de geração de mídias (cartões de memória, para carga e votação, e mídias de resultados).
 
SIMULADO
Foi realizada, também, uma simulação de votação para a verificação da eficácia das urnas.  

“O que aconteceu demonstrou que, o que o povo deve esperar no dia da votação é segurança, transparência, efetividade, eficiência da votação e rapidez na apuração”, garante o juiz. 

Para o juiz Bruno Sena, esse contato com os interessados presentes, é muito importante, por ser o dia de carga de urna na zona 184ª, em que os dados das zonas eleitorais são inseridas nas urnas eletrônicas, tipo os dados das urnas serão inseridos como os dados dos eleitores, e também os dados do programa que é utilizado por votação, os candidatos que vão ser utilizados na votação que vem do TSE de Brasília. 

“É um procedimento aberto. Ao final tem a escolha de urnas de forma aleatória para fazer uma auditagem em que inclusive é checado o sistema de votação e impresso uma zerésima primeira, com a simulação de votação e no final se imprime um boletim de urna e confere com o resultado que foi digitado, e é bom que todos possam verificar o que acontece, pois, isso é uma das formas auditáveis das urnas eletrônicas que está aberta a todo mundo, partidos, coligações, cidadãos, imprensa, Ministério Público, militares, todo mundo pode fiscalizar”.  

O juiz informa que existem outras formas auditagens, que serão feitas sábado (24) e domingo (25). 

O comandante da 11ª Região da Polícia Militar , Rômulo Gonçalves, FOI convidado a participar do simulado, acompanhou pela primeira vez em uma ação de carga de urnas. 

“As urnas são seguras. O Brasil já tem um ‘know how (conhecimento) em cima dessa tecnologia, então espero que transcorra normal como aconteceu em outras eleições”. 
 
SEGURANÇA TOTAL
”Todas as urnas que chegam em Montes Claros, passam por testes antes de serem preparadas para a eleição”, garante a chefe da 184ª Zona Eleitoral da cidade, Helen Guimarães da Silveira. Finalizado o carregamento, as urnas não serão mais mexidas até o dia da eleição. 

“A carga acontece para Montes Claros, nos dias 17 até 25 de setembro, a segurança depois delas preparadas é bem reforçada, por isto não existe como serem alteradas”, informa.

Compartilhar
Logotipo O NorteLogotipo O Norte
E-MAIL:jornalismo@onorte.net
ENDEREÇO:Rua Justino CâmaraCentro - Montes Claros - MGCEP: 39400-010
O Norte© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por