Hoje é o último dia para regularização do título de eleitor; muita gente deixou para última hora

Em Montes Claros, mais de 40 mil título haviam sido cancelados por irregularidades

Raquel Gontijo*
Do HD
Publicado em 04/05/2022 às 10:10.
 (helen guimarães da silva/dovulgação)

(helen guimarães da silva/dovulgação)

Eleitores mineiros que precisam regularizar o título para as próximas eleições, em outubro deste ano, registraram 374.899 atendimentos eletrônicos no sistema do Tribunal Regional Eleitoral de Minas (TRE-MG), o Título Net.

Por meio do sistema é possível revisar os dados cadastrais, solicitar transferências de domicílio e retirar o primeiro título. O prazo para regularizar a documentação eleitoral termina nesta quarta- feira (4).

Só em abril, foram 190.037 atendimentos a distância, aumento de 112% em relação ao que foi registrado em março, com 89.578. 

Em janeiro e fevereiro foram 47.673 e 47.611 assistências eletrônicas, respectivamente. Como é comum entre os brasileiros, muita gente deixou para a última hora e, com isso, enfrenta ou fila – no atendimento presencial – ou instabilidade do sistema, no caso do modo on-line.

Na segunda-feira, o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) passou por instabilidade momentânea. De acordo com o TSE, o problema foi causado pelo alto número de acessos.

Apesar da comodidade de regularizar o título sem sair de casa, quem solicitou algum serviço de forma on-line precisa estar atento e acompanhar o andamento da solicitação no sistema. É pelo acompanhamento que o eleitor fica sabendo quando e se o processamento do pedido foi finalizado, ou se há alguma pendência a ser resolvida.

Enquanto o pedido aparecer com o status “aguardando análise” ou “em processamento”, a pessoa não deve fazer uma nova solicitação de atendimento. 
 
SOLICITAÇÃO
O TRE-MG garante que todos os requerimentos enviados pelo Título Net dentro do prazo, até as 23h59 do dia 4 de maio, serão analisados.

As solicitações que ainda estão pendentes de análise serão processadas pelos cartórios eleitorais após o fechamento do cadastro, a partir de 5 de maio.

Todo o processamento será concluído até 1º de junho. Depois desta data, o TSE vai consolidar os dados do eleitorado apto a votar.

Quem tiver dúvidas pode entrar em contato com o Disque-Eleitor, pelos telefones 148 ou (31) 2116-3600.

IRREGULARIDADES 
Em Minas, mais de 1,2 milhão de eleitores ainda não haviam acertado a situação junto à Justiça Eleitoral até a última sexta-feira (29).

Segundo o TRE-MG, a principal razão de irregularidade no cadastro eleitoral é o não comparecimento à revisão biométrica obrigatória nos 259 municípios mineiros em que o cadastramento é compulsório. Até a última sexta-feira (29), eram 760.948 nesta situação.

A segunda causa principal de problemas no título de eleitor é a ausência de voto e justificativa em três eleições consecutivas. Segundo o TRE-MG, são 449.463 nesta situação em Minas.
 
VOTAÇÃO 
No Brasil, quem tem mais de 18 anos e menos de 70 é obrigado a votar. Os eleitores que não participarem e não justificarem a ausência ficam impedidos de obter passaporte ou carteira de identidade; receber salários no serviço público; participar de concorrência pública ou administrativa do poder público; obter empréstimos na Caixa Econômica, Banco do Brasil e qualquer outra instituição pública; ser empossado em qualquer cargo público.

A regularização pode ser feita presencialmente, nos cartórios eleitorais, ou na internet através da plataforma “Título Net”, acessada pelo site do TRE-MG.

*Com Agência Brasil


 

Compartilhar
Logotipo O NorteLogotipo O Norte
E-MAIL:jornalismo@onorte.net
ENDEREÇO:Rua Justino CâmaraCentro - Montes Claros - MGCEP: 39400-010
O Norte© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por