Logo no primeiro dia do Festival Mundial da Cachaça, a médica montes-clarense Raquel Muniz recebeu uma homenagem da Associação dos Produtores Artesanais de Cachaça de Salinas (Apacs), pelos relevantes serviços prestados em prol do incentivo da produção de cachaça no município.

Em 2018, enquanto deputada federal, Raquel Muniz (PSD), por meio de um projeto de lei, levou o município a conquistar o título de Capital Nacional da Cachaça, reconhecendo a alta produção e qualidade do produto.

Salinas concentra mais de 50 marcas de cachaça e cerca de 15 milhões de litros da bebida são produzidos anualmente no município. Durante o festival, cerca de R$ 3 milhões em negócios foram movimentados no setor.

“A nossa cachaça de Salinas é um produto inigualável, que leva o Norte de Minas para os quatro cantos do mundo. Mais do que uma bebida, representa a cultura da nossa região. Por isso, me senti honrada com a homenagem da Apacs. Receber o carinho e o reconhecimento dos produtores mostra que fiz um bom mandato, um mandato em prol da nossa região”, destacou Raquel Muniz, que ainda acompanhou a produção da cachaça na cidade.