Com a proximidade das eleições, o quadro sucessório em Montes Claros começa a se desenhar. Um dos primeiros a lançar sua pré-candidatura à prefeitura, o médico, professor e empresário Ruy Muniz, do Progressistas (PP), é também o primeiro a anunciar o pré-candidato a vice-prefeito.

O nome escolhido é o do vereador Ildeu Maia, parlamentar de sete mandatos, todos eles pelo PP, que vem compor a chamada “chapa pura”. A convenção do partido, que oficializará as candidaturas, está marcada para 15 de setembro e contará com a presença das principais lideranças do PP e dos partidos aliados, bem como com os pré-candidatos a vereador.

O pré-candidato a vice-prefeito, Ildeu Maia, nasceu no Distrito de Santa Rosa de Lima, em 1960, e entrou para a política oficialmente em 1992, quando foi eleito com mais de 800 votos, número considerado expressivo quando Montes Claros contava com uma população bem menor. De lá para cá, a votação em Maia seguiu de maneira progressiva e ultrapassou os 2 mil votos. Casado com Kátia Regina, Ildeu é pai de duas filhas e conta com o apoio da família na sua caminhada política.
 
HISTÓRIA
Motorista de ônibus que fazia a linha entre a zona urbana e distritos, Ildeu decidiu ir às urnas para ajudar a resolver as demandas do homem do campo. O primeiro passo na política foi como presidente de associação. Logo depois se candidatou a vereador e foi eleito. Hoje está no sétimo mandato. Próximo dele, em número de mandatos, está o vereador José Marcos Martins de Freitas (Marcos Nem), do PSC, atual presidente da Câmara Municipal, que está no sexto mandato como vereador e segundo como dirigente do Legislativo. Sobre Ildeu Maia, Marcos Nem revela que sempre tiveram uma boa convivência.

“São 24 anos de convivência e nunca tivemos um problema. Podemos ter até discussões relacionadas à política, divergência de opiniões, mas sempre com muito respeito. Ildeu Maia é um grande companheiro e ser humano. Ele se dedica a trabalhar em benefício das pessoas todo esse tempo. Ele está preparado”, diz o presidente da Casa sobre a pré-candidatura de Ildeu como vice de Ruy Muniz.

O vereador Valcir Soares (PTB), no quarto mandato, também destaca o trabalho de Ildeu Maia como fator para as suas reeleições consecutivas. “Quando eu cheguei, ele já estava aqui. É um grande vereador, legislador e ser humano de muita qualidade. Demonstrou ser um fiscalizador do Executivo e dos recursos públicos. Como secretário de Agricultura, desenvolveu um bom trabalho na zona rural. Ele conhece o Executivo, tem experiência no Legislativo e um bom relacionamento com todos”, afirma Valcir.

Já o vereador Sérgio Pereira, colega de partido do parlamentar, pontuou que Ildeu Maia é uma pessoa que tem a confiança da população por ser muito firme em suas reivindicações. “Não à toa que o povo confiou a ele o sétimo mandato. É mais do que merecido. Ele é dedicado ao que faz e vem sempre batalhando, especialmente, pelo homem do campo. É pré-candidato a vice de uma grande figura na cidade, que é o Ruy Muniz, gerador de emprego e que já demonstrou ser um bom gestor. Montes Claros só tem a ganhar com essa união”, ressalta.

Para Ildeu, o convite para ser pré-candidato a vice-prefeito de Ruy Muniz o deixou feliz por ser um indicador de que cumpriu com seu papel de legislador. “No meio de tantas pessoas que almejam este lugar, é uma honra muito grande ter sido escolhido. Fui secretário de Ruy e conheço o seu zelo pela coisa pública e sua capacidade de gestão”, afirmou Ildeu Maia.
 
PARCERIA
Empresário da educação, professor e médico, Ruy Muniz administrou Montes Claros e durante a sua gestão teve Ildeu Maia como secretário de Agricultura, uma parceria, que segundo Ruy Muniz foi produtiva. “Ildeu Maia tem sete mandatos de vereador, sempre pelo PP, nosso partido.

Ele é muito respeitado no meio político e tem trabalhado com afinco pela Montes Claros urbana e rural. Seu trabalho e seu caráter são suas principais credenciais para seguirmos juntos nesta parceria”, frisa Ruy Muniz.

A convenção do PP será virtual, em função da pandemia da Covid, e acontecerá em 15 de setembro, a partir das 16h, nos canais do pré-candidato a prefeito e pré-candidato a vice-prefeito. Assim como o PP, os demais partidos oficializarão seus candidatos para a disputa municipal de 31 de agosto a 16 de setembro, período determinado pela Justiça Eleitoral para que se realizem as convenções.