Wendell Lessawendell_lessa@yahoo.com.br

O alicerce

02/06/2022 às 00:01.
Atualizado em 02/06/2022 às 10:47

 É tolice pensar que é possível estabelecer um desenvolvimento consistente, em qualquer área da vida, sem um fundamento. Todos nós estamos edificados em certo fundamento. Ainda que não tenhamos consciência disso ou neguemos teoricamente com supostos argumentos válidos, nossas ações são sempre erigidas sobre um alicerce teórico. É essa pedra angular que molda nosso caráter. 

Em razão dessa dependência por vezes negada e desconhecida de alicerces, é que a relativização desses princípios fundamentais ou a negação antecipada deles podem resultar em perpétuo desastre para nossas intenções que, não obstante sejam sinceras e bem intencionadas, são enganosas e, por isso, falsas. 

Boas intenções não significam atitudes corretas. Uma pessoa pode ser muito bem intencionada, mas, ainda assim, agir erradamente e provocar consequências danosas. Um pai que, mesmo com boa intenção de proteger seu filho, não o disciplina com rigor, quando necessário, encobre seus defeitos ou minimiza suas transgressões, estará contribuindo para a exaltação de um filho mimado ou para a emancipação de um mau-caráter.

Fundamentos são necessários. O salmista Davi, no salmo 11, escreveu: “Ora, destruídos os fundamentos, que poderá fazer o justo?”. A relativização de valores só serve para perpetuar a areia movediça da consciência humana, que é como uma névoa, recheada de subterfúgios, cheia de invenções e astúcias. Sem fundamentos, não há rumos. E, consequentemente, acertos. E a tentativa celebrada e militante de negar valores fundamentais é um fundamento muito mais perigoso do que o que se pretende combater. 

A partir do discurso de emancipação fundada em uma racionalidade iluminada capaz de tomar decisões corretas, as maiores tragédias se estabeleceram na humanidade. Foi nessa emancipação racionalista, nutrida pela divinização da ciência, que o nazismo encontrou terreno fértil e matou milhares de pessoas. 

Não apenas o nazismo, sabemos, mas todas as demais ideologias totalitárias que, dizendo-se super-humanas e transbordantes de consciência superior, iluminadas, antiteístas e imanentes, arrogaram para si a libertação do homem da escravidão especialmente da religião cristã encerrando o homem ainda mais no inferno de sua própria corrupção.

Alicerces sólidos são a base necessária de todo e qualquer estabelecimento seguro da humanidade. Caminhar por esse mundo caído e perverso sem a certeza de onde se está pisando é agravar mais ainda o desastre já vivenciado por um mundo aparentemente desenvolvido, mas profundamente destruído pela corrupção das intenções que, supostamente boas, enganam até mesmo aqueles que as cultivam em suas almas. 

De boas intenções o inferno está cheio, afirma certo ditado popular. O melhor mesmo é escolher um firme fundamento, edificar sobre essa pedra angular e rochosa os planos da vida, e produzir bons frutos a partir da consolidação desse edifício.

Compartilhar
Logotipo O NorteLogotipo O Norte
E-MAIL:jornalismo@onorte.net
ENDEREÇO:Rua Justino CâmaraCentro - Montes Claros - MGCEP: 39400-010
O Norte© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por