Aldeci XavierJornalista, articulista, analista político e empresarial | aldecixavier@gmail.com

Desistência de Viana

Publicado em 21/05/2022 às 00:59.

Se antes já estava prevista a desistência do senador Carlos Viana (PL) na corrida ao governo de Minas, agora é que a situação ficou mais clara. Com a definição do alinhamento entre as candidaturas de Kalil (PSD) e o presidenciável Lula (PT), Viana abre caminho para que a direita não corra o risco de perder as eleições em Minas, onde no momento os números apontam que Zema (Novo) tem chance de vencer já no primeiro turno.

Posição dos Vianas
A previsão de desistência do senador Carlos Viana (PL) de concorrer ao governo de Minas tem como lado positivo a possibilidade de ficar livre para se dedicar à eleição à Câmara Federal do filho Samuel Viana, que colocou o Norte de Minas como sua principal base eleitoral.
 
Dória no Senado
Mesmo não tendo bola de cristal, é possível prever a possibilidade de o ex-governador de São Paulo João Dória (PSDB), depois de ser pressionado a desistir da candidatura à presidência, aceitar concorrer a uma vaga no Senado, onde suas chances de vitória são mais reais. É pegar ou largar...
 
Barrado no baile
Evidentemente que seria praticamente impossível que o ex-presidente Lula (PT) convidasse para o seu casamento, ocorrido na quarta-feira (18), em São Paulo, todos os que o consideram amigo. Entretanto, chama a atenção o fato daquele parlamentar que se diz dentro da casa do ex-presidente e também ser amigo da noiva Janja não ter sido lembrado. Não será nenhuma novidade este tentar justificar dizendo que foi convidado mas não pôde ir.
 
Responsabilidade do Senado
Vira e mexe nos deparamos nas redes sociais com críticas pesadas contra integrantes do STF e, em especial, ao ministro Alexandre de Morais, que particularmente também não concordo com algumas decisões tomadas por ele. A este respeito, entendo que as críticas devem ser dirigidas ao Congresso Nacional e, em especial, ao Senado que, por corporativismo ou por covardia, não tem mostrado força para enfrentar algumas decisões do STF consideradas abusivas. Aliás, penso que por razões óbvias, fere os interesses do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), o enfrentamento. Se o cidadão que é o patrão dessa gente não tem a liberdade de criticar, estamos caminhando para a ditadura da toga.
 
Zema e os servidores
Existe uma conhecida expressão que diz: “Se não tem tu, vai tu mesmo”. Isto vale dizer que às vezes temos que nos conformar com o que tem, ainda que isso não seja o ideal. A expressão vale para explicar a situação política do governador Zema (Novo), que estava bem com os servidores públicos e depois sofreu desgaste ao vetar reajuste cobrado principalmente por trabalhadores das áreas de segurança e educação. Agora que passou a tempestade, os mesmos servidores que contestaram admitem apoiá-lo nas eleições de outubro.

Compartilhar
Logotipo O NorteLogotipo O Norte
E-MAIL:jornalismo@onorte.net
ENDEREÇO:Rua Justino CâmaraCentro - Montes Claros - MGCEP: 39400-010
O Norte© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por