Aldeci XavierJornalista, articulista, analista político e empresarial | aldecixavier@gmail.com

Carlos Pimenta

Publicado em 23/11/2022 às 02:00.

Apesar de não ter, de imediato, renovado o seu mandato na Assembleia Legislativa de Minas, o deputado Carlos Pimenta tem chances reais de retornar àquela casa – ele é o primeiro suplente do PDT. Em 2023 serão abertas duas vagas de conselheiro no Tribunal de Contas de Minas e um dos nomes fortes para ocupar a vaga é o deputado estadual Alencar da Silveira (PDT). Estarão aposentando os conselheiros Dr. Viana e Wanderley de Ávila.
 
Holofote 2024
Independentemente da possibilidade de assumir uma cadeira na Assembleia, Carlos Pimenta deixa claro que os holofotes políticos estarão acessos em 2024, quando da disputa pela chefia do executivo de Montes Claros. Mesmo que não seja candidato à cabeça de chapa, ele tem a pretensão de participação direta no processo. Vale ressaltar que em 2018 ele obteve 9.390 votos no município e este ano, 14.609.
 
Ponte no São Francisco
Comentamos, em duas oportunidades, o atraso previsível das obras de construção da ponte que liga São Francisco a MG-402, sentido Pintópolis, devido à retirada de maquinários das empresas terceirizadas por falta de pagamento. A este respeito, um leitor que passou pelo local na segunda-feira (21) e disse que não viu nenhuma movimentação no local. Como se trata de obra do Governo do Estado, com recursos de acordo feito com a Vale, é preciso que alguém apresente uma explicação, inclusive os deputados do Norte de Minas.
 
Oscar Lisandro
Existe um ditado antigo que diz: “quem nunca comeu melado, quando come se lambuza”. Isto também vale para posição social e política – e pode ser o caso do deputado eleito Oscar Lisandro, ex-prefeito de Mato Verde, que mesmo antes de assumir, tem evitado atender telefone ou responder mensagens. O tratamento tem sido dispensado indistintamente, inclusive à imprensa. Se não calçar a sandália da humildade poderá ser engolido na própria Assembleia Legislativa. O mundo empresarial é diferente do político.
 
Comemoração antecipada
A eleição de 2020 mostrou a boa avaliação da administração do prefeito Humberto Souto (Cidadania), o que não quer dizer que conseguirá transferir votos na mesma proporção em 2024. Os aliados, incluindo a bancada no Legislativo, acreditam que está tudo sobre controle. Em 2020, Souto foi eleito com 85,24% dos votos válidos e havia a expectativa de que este ano conseguiria transferir mais de 50% dos votos para seus candidatos, o que não aconteceu. Frustrou no resultado da disputa presidencial, o mesmo acontecendo com seu candidato a deputado federal. Quanto aos candidatos a estadual, fica a dúvida em relação a transferência para o deputado Gil Pereira que, historicamente, sempre foi o mais votado no município.

Compartilhar
Logotipo O NorteLogotipo O Norte
E-MAIL:jornalismo@onorte.net
ENDEREÇO:Rua Justino CâmaraCentro - Montes Claros - MGCEP: 39400-010
O Norte© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por