Educação financeira

Leonardo Grapeia*
Publicado em 02/08/2022 às 21:43.

Segundo o IBGE, temos inflação em ascensão (4,29% nos primeiros quatro meses de 2022), desemprego alto (10,5% de desempregados no Brasil) e taxas de juros básicas (Selic) em dois dígitos (13,25%). Fatores que, combinados, levam à corrosão no poder de compra, incapacidade de honrar dívidas, instabilidade das finanças e necessidade de fontes de crédito de custo mais alto.

De acordo com dados da Serasa Experian, a inadimplência também bateu novo recorde: em abril, mais de 66 milhões de brasileiros estavam com o nome no vermelho - o maior número desde 2016. Deste número, mais de 2 milhões se tornaram inadimplentes em 2022. Com relação ao perfil, os segmentos de bancos e cartões possuem 28,1% dos débitos, enquanto contas básicas como água, luz e gás representam 22,9%. Na comparação com abril de 2021, o setor de financeiras foi o que teve maior aumento na participação de inadimplência e o endividamento com cartão de crédito atingiu nível recorde entre os de maior renda.

No Brasil, ensino religioso e química orgânica fazem parte do currículo escolar obrigatório, mas as finanças básicas, por exemplo, não. Juros e porcentagem são distantes para a maioria dos brasileiros. Por conta da ignorância financeira perpetuada em nosso país, é fácil compreender como tanta gente assume dívidas impagáveis, comprometendo seu futuro financeiro. A maioria ignora o efeito brutal dos juros compostos, presentes nas dívidas do cartão de crédito e do cheque especial. Endividados pouco se atentam às decisões políticas que os afetam, uma vez que sua atenção está voltada aos inúmeros boletos e contas acumuladas.

A tomada de crédito tem que ser uma soluçãopara um eventual problema financeiro. Uma alternativa para estancá-lo é buscar negociações com cada operadora ou acessar empréstimos pessoais, com juros mais baixos, para o pagamento das dívidas dos cartões. O consumo por impulso leva a uma necessidade de fontes de crédito de custo mais alto (cheque especial e cartão de crédito) e a um nível de comprometimento de renda acima do que é considerado saudável. O consumo consciente e a educação financeira nunca foram tão importantes para o brasileiro da vida real.


*CEO da Focus Financeira

Compartilhar
Logotipo O NorteLogotipo O Norte
E-MAIL:jornalismo@onorte.net
ENDEREÇO:Rua Justino CâmaraCentro - Montes Claros - MGCEP: 39400-010
O Norte© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por