Minha vida é um litro aberto

Postado em 31/12/2012 15h21
Tristeza é coisa que no “Ceará não tem disso não”. Assim já dizia o grande Rei do Baião, o cantor Luiz Gonzaga. Na verdade, o Ceará é a terra do humor, do amor e do calor. Do sol a pino bem perto da linha do Equador. Na praia do...

Poesia Escolhida

Postado em 28/12/2012 19h14
Aqui está, num livreto simples, uma bela coletânea de poemas. São os poemas que forma o livro “Poesia Escolhida”, do ilustre historiador Luis Santiago. Os seus versos são livres, pois eles não obedecem às convenções estreitas da...

Poesias de caderno

Postado em 27/12/2012 18h28
A participação em antologias é a maneira mais indicada para quem deseja iniciar nos caminhos das letras. É assim porque as oportunidades de se publicar poemas são minguadas e, em vista disso, é aconselhável que os nobres poetas busquem, sem...

MONTES CLAROS – CRÔNICAS

Postado em 21/12/2012 20h25
A professora Yvonne de Oliveira Silveira é um caso único na nossa literatura: uma alma feminina bondosa e inteligente, que cultua as belas/artes compondo versos e narrando em prosa os fatos mais importantes da nossa sociedade. O ilustre confrade Wanderlino Arruda, apreciando os versos...

CACTOS

Postado em 20/12/2012 19h23
Não basta dizer que a região norte-mineira é um manancial de bons escritores. Não se pode, porém, dizer que aqui existem várias academias de letras, algumas associações culturais e o egrégio Instituto Histórico e Geográfico...

CORDEL DO MAU VIZINHO

Postado em 19/12/2012 16h44
Visitando o Mercado Central de Fortaleza tivemos a felicidade de conhecer um dos ícones da literatura de cordel do Ceará: o poeta Jesus Rodrigues Sindeaux que vendia os seus livretos, em cordel, numa banca bem sortida. Vários livros de Sindeaux estavam em...

Poemas da solidão

Postado em 18/12/2012 17h57
É sempre muito gratificante a leitura dos livros da ilustre escritora Amelina Chaves. Cronista, contista, romancista, biografa, dramaturga, folclorista e agora poetisa de mão cheia. Aliás, poetisa ela já é desde quando rabiscou os seus primeiros versos em papel...

DE MILENA, CIRCO E SONHOS

Postado em 13/12/2012 18h43
Aqui está uma história interessante. Uma história de circo e sonhos, onde o Palhaço não é o ladrão de mulher e a mulher é uma belíssima menina: Milena, de olhos violáceos que apareceu pelo espelho do céu. Pois Milena...

HÁ UM MAR NO VERBO AMAR

Postado em 12/12/2012 20h04
Tendo sempre o primeiro verso em negrito, a poesia de “Há um Mar no Verbo Amar”, da jovem poetisa, a acadêmica Liane dos Santos, superar todas as expectativas daqueles que gostam de apreciar o belo da arte literária. A presente edição tem uma tiragem de...

MUTAÇÃO

Postado em 11/12/2012 18h59
Não é possível, por um simples poema, classificar uma poesia sem julgar o poeta. O poeta e a sua poesia são partes iguais no processo da construção literária. Não podem as classificações poéticas ter o mesmo rigor das...

OS SONHOS DO POETA

Postado em 10/12/2012 18h07
O livro “Os Sonhos do Poeta” é uma coletânea de poemas todos eles no estilo cordel. Assim, o poeta Françuar Gonçalves Cruz produziu um belíssimo livro que trata, em muitos dos poemas, passagens de vida de infância e descamba depois para o...

Quando

Postado em 07/12/2012 19h14
Quando da nossa visita na encantadora cidade de Valença, região da Costa do Dendê, no Recôncavo Baiano, tivemos a oportunidade de conhecer uma plêiade ilustre de escritores valencianos e de alhures. Foram momentos inesquecíveis. Uma cidade da época...