O dinossauro que virou lagartixa

Postado em 16/04/2020 01h12
Estou encantado com a leitura que fiz do livro de dona Amelina Chaves: “O Dinossauro que virou Lagartixa”, uma história para os pequeninos e que logo eu me vi um curumim de pés descalços e barriga grande. É impressionante a capacidade criadora da ilustre escritora. Ela consegue, com poucas palavras,...

Isto é a Bahia!

Postado em 09/04/2020 01h21
Este compêndio, das Edições Melhoramentos, intitulado “Isto é a Bahia!”, com prefácio, legendas e notas de Edgard de Cerqueira Falcão e texto em português, inglês, francês, italiano e alemão, faz parte dos livros deixados pelo meu saudoso pai Ezequias Manoel Cotrim. “Traçada, desde o início, no alto...

O livro de Eliane

Postado em 02/04/2020 00h53
Terminei a leitura de um empolgante livro de pesquisas sobre os espaços físicos de Bocaiuva, intitulado “Bocaiuva: espaços desiguais”, da historiadora e associada do egrégio Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros, a professora Eliane Maria Fernandes Ribeiro. Antes ela já havia lançado o...

O cordel de João Figueiredo

Postado em 26/03/2020 02h22
Recebi, com muita alegria, duas produções literárias do confrade João Nunes Figueiredo, em literatura de cordel: “O Mestre Eurico Violeiro”, uma referência cultural na comunidade de Espigão de Cima e de toda a região. Segundo o autor, “a produção deste cordel foi feita a partir de dados levantados...

A alma admoestando meu coração

Postado em 19/03/2020 00h21
São raras as exceções, mas é certo que tem muita gente que não gosta de mim – os petistas de Guanambi, por exemplo. Entretanto eu os admiro e respeito todos eles, principalmente os do meu convívio social. Saber viver e conviver em sociedade, mesmo diante das diferentes ideologias de gêneros e das...

A história do Instituto

Postado em 12/03/2020 00h04
O Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros foi fundado na cidade a pedido dos confrades de Belo Horizonte e tiveram os escritores Dário Teixeira Cotrim, Haroldo Lívio e Wanderlino Arruda a incumbência de organizarem a lista de patronos e os convites para os interessados em participar da...

Tutaméia

Postado em 05/03/2020 00h01
TERCEIRAS ESTÓRIAS, do imortal João Guimarães Rosa, foi correr ao dicionário Houaiss da língua portuguesa para saber o significado da palavra “Tutaméia”. Lá estava consignada, com todas as letras, a palavra “tuta e meia”, o que quer dizer “uma coisa sem importância”. Entretanto, não é isso o que as...

O direito de escrever

Postado em 27/02/2020 09h06
O direito e o dever de criar imagens e fantasias com as palavras, ao longo do tempo, fizeram com que a literatura se enquadrasse nos paradigmas da literalidade, com textos clássicos, ou não, na construção de obras literárias. Mas nem sempre o entendimento dos leitores alcança o viés da escrita, pois...

Melhor do que doce de leite... só avó

Postado em 20/02/2020 09h45
Visitando dona Maria Jacy Ribeiro, no acompanhamento do meu confrade, o coronel Lázaro Francisco Sena, nós ficamos, deverasmente, impressionados com as inúmeras imagens de São Francisco de Assis, expostas por todos os cantos de sua morada. Imagens pequenas, grandes e de tamanho “grandão”, o que...

Cordel de João Figueiredo

Postado em 13/02/2020 09h30
Recebi, com muita alegria, duas produções literárias do confrade João Nunes Figueiredo, em literatura de cordel: “O Mestre Eurico Violeiro”, uma referência cultural na comunidade de Espigão de Cima e de toda a região. Segundo o autor “a produção deste cordel foi feita a partir de dados levantados em...

O campo no coração

Postado em 30/01/2020 06h14
A literatura de José Enéas Cezar Athanázio descreve o cenário em que se desenrolam os fatos que compõem seu livro. Em vista disso, os campos catarinenses, como em todo o interior do Nordeste brasileiro, estão longe de serem excluídos do panorama nacional da literatura. Pode, no entanto, a...

“Cabeça-torta”

Postado em 23/01/2020 06h10
Conclui com extremo regozijo a leitura do interessante livro “Cabeça-Torta”, um romance de Nelson de Faria, editado pela José Olympio Editora, que fala das coisas do sertão baiano e muito mais do cerrado Norte Mineiro. Fala-nos o autor, com muita propriedade, sobre as viagens dos tropeiros pelas...